Chico Ferreira

Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 28 de julho de 2016

DISSE LUIZ VICENTE, SOBRADINHO ESTÁ NO CAMINHO CERTO

Os  municípios brasileiros  estão  passando por muitas  dificuldades, completamente  endividados, mas  Sobradinho  está  conseguindo  a  cumprir  com  os seus  compromissos, disse  o  prefeito Luiz  Vicente.  O  gestor  argumentou  apesar  das  dificuldades  a  prefeitura  vem  pagando  os  prestadores,  funcionários  e  fornecedores em dia.  Conseguimos grandes  avanços na área  social, temos credibilidade  perante  à  população,  por  isso  a  nossa  gestão  está  tendo  o  apoio   da  sociedade,  temos a plena convicção de que  Sobradinho  vai  crescer  muito  mais  e  terá um  futuro brilhante  para  a  felicidade do nosso  povo,  finalizou  Vicente.

SOBRADINHO: MARIA HELENA VISITA AMIGOS E CORRELIGIONÁRIOS

Nesta  quarta-feira à  noite (27)  a pré-candidata  a  vereadora  pelo PSOL, Maria Helena, esteve  visitando  amigos e  correligionários  na  quadra S-15, e  foi  bem   recebida  pela   população. Para  Helena  é gratificante  o  carinho  do povo  e  sentir  que  as  pessoas  querem  mudança de  verdade. O  político  que  está  no  poder  tem  que  trabalhar  em  prol  do  povo,  realizar  projetos  que  venham  beneficiar  a  todos  sem  distinção.  Está  é   a função  do vereador  estar  sempre  ao  dos  mais carentes, concluiu  a  pré-candidata.

Carlinhos Cachoeira é preso pela PF no Rio



O contraventor Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi preso novamente na manhã de hoje, no Rio, pela Polícia Federal, após a decisão tomada ontem pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), que julgou habeas corpus e restabeleceu a prisão do contraventor, do empresário Fernando Cavendish, dono da Construtora Delta, além de mais três acusados. Cachoeira foi levado para o presídio de Água Santa, na zona norte.

Cachoeira e Cavendish tinham sido presos na Operação Saqueador, que investiga supostos desvios de recursos de obras públicas, mas tinham deixado o presídio Bangu 8, no Rio, no último dia 11, após conseguirem o direito de cumprir prisão domiciliar. Eles deveriam sair com tornozeleira eletrônica, mas como não havia equipamento disponível, ficaram sob vigilância de agentes federais.
O julgamento do mérito do habeas corpus (HC) foi feito pela 1ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) que restabeleceu a prisão preventiva dos acusados. Ele ainda pode recorrer da decisão. Ontem mesmo o juiz Marcelo da Costa Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, expediu novos mandados para a prisão preventiva.
A procuradora regional da República, Monica de Ré, defendeu no julgamento que a permanência dos acusados em liberdade representa risco de voltarem a praticar os crimes. A procuradora reivindicou ainda que os recursos "saqueados dos cofres públicos" deveriam ser devolvidos para "suprir o déficit do Estado do Rio de Janeiro".
A Saqueador foi deflagrada pelo Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro no dia 30 de junho. A operação investiga supostos desvios de R$ 370 milhões em obras públicas atribuídas à Construtora Delta, que era controlada por Cavendish.
Além do empresário, foram denunciadas mais 22 pessoas que estariam envolvidas no esquema de lavagem envolvendo verbas públicas federais.

POPULAÇÃO DE SOBRADINHO NA EXPECTATIVA DE UM LEGISLATIVO MAIS ATUANTE EM 2O17

A população  de  Sobradinho  não  está   nada  contente  com o  desempenho da  maioria  dos  vereadores, porque não estão  correspondendo  aos anseios  da  sociedade.  O povo  vive  reclamando da  falta  de  ação por  parte  de  alguns  edis. Como diz  seu  Adolfo  Pereira:  está  chegando  a hora de  darmos a  resposta  a  eles, dizendo  não  aqueles  que  não fazem  nada  em prol  dos sobradinhenses. Nas  sessão  que  acontece  toda  quinta-feira  o  plenário  da  câmara fica  praticamente  vazio, uma  mesa  diretora  sem nem uma identificação com  a  população,  sem  brilho e  pouca  ação.  Sobradinho precisa  de  um  legislativo que  fiscalize  o executivo com mais firmeza, e que idealize  projetos  importantes  em benefício  dos  mais  carentes. O vereador  tem  que  defender  os  interesses  do  povo  e  não  legislar  em  causa  própria,  a  sociedade  está  pedindo  renovação, e  esta  responsabilidade está sobre   cada  cada  um de  nós, pense  nisso.

Temer pede prioridade na votação do impeachment



O presidente em exercício Michel Temer pediu a aliados que priorizem a votação do impeachment de Dilma Rousseff. O governo detectou uma manobra da defesa da petista, comandada pelo ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, para empurrar o processo para setembro. Termina nesta quinta-feira (28) o prazo para a defesa apresentar as alegações finais à comissão.
Ferrenha defensora do afastamento de Dilma, a senadora Simone Tebet (PMDB-MS) garante que a votação será concluída em agosto. Segundo ela, haverá uma reunião na próxima semana para acertar os ponteiros do impeachment. "A prioridade para agosto é o impeachment, nem que o Senado não faça nenhuma outra coisa", afirma.

SOBRADINHO: LUIZ VICENTE SERÁ O ENTREVISTADO NESTE SÁBADO NO PROGRAMA TRIBUNA LIVRE DA FM SÃO FRANCISCO

Luiz  Vicente  prefeito  de  Sobradinho, será o  entrevistado neste  sábado (30) no  programa tribuna livre  da  São  Francisco FM,   apresentação  de  Paulo  Ferreira.  O programa  Tribuna  Livre   entrevista  autoridades  e  todos  que  participam  do cotidiano  de  Sobradinho. Tribuna  Livre  todos  os  sábados a  partir  das  9:30   da manhã.

Deputados alertas: pressão para adiar queda de Cunha



Blog do Camarotti

Deputados da antiga oposição estão em alerta com o movimento de setores do governo que avaliam que é melhor votar o processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha somente depois do julgamento final do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

Um auxiliar palaciano demonstrou preocupação com a possibilidade da cassação de Cunha contaminar o processo de impeachment. Para parlamentares disseram  a  imprensa  que Cunha estaria mandando recados de que poderia fazer uma delação premiada com sua provável cassação. 

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, tem afirmado que pretende votar a cassação de Cunha em agosto. “Cunha quer intimidar integrantes do seu partido, o PMDB. Mas não vai conseguir intimidar toda a Câmara”,  um deputado tucano surpreso com o movimento para adiar a cassação de Cunha.

Cunha se despede da residência oficial com churrasco



Cunha reúne 50 convidados, a maioria funcionários, com cerveja e música sertaneja
O Globo - Guilherme Amado
A tarde desta quarta-feira foi de despedida para Eduardo Cunha e Cláudia Cruz, que receberam cerca de 50 convidados em um churrasco na residência oficial da presidência da Câmara dos Deputados, no Lago Sul, bairro nobre de Brasília. Os anfitriões abriram os jardins da casa para funcionários e seguranças da Polícia Legislativa que vêm lhes servindo desde o começo do ano passado. Garçons serviam cerveja de garrafa e diferentes carnes em esquema rodízio, enquanto uma cantora, com violão, entoava música sertaneja.
Apesar do dia ensolarado, Cunha não deixou de lado a gravata e a roupa social. Sem paletó, sentou-se ao lado dos funcionários, enquanto Cláudia Cruz fazia fotos do almoço. O clima era de diversão e Cunha chegou a cantarolar.
Embora esteja com as contas e os bens bloqueados pela Lava-Jato, Cunha afirmou ter pagado do próprio bolso o churrasco, organizado por uma empresa de buffet. Na semana passada, seus advogados pediram à Justiça Federal, em Curitiba, o desbloqueio de sua conta, sob o argumento de que a decisão comprometeria sua “sobrevivência”.

Frente à tempestade, Temer ainda vive de vento



Fernando Canzian - Folha de S.Paulo

O governo Michel Temer ainda não produziu fatos que justifiquem tanto o otimismo que toma conta dos mercados internacional e interno em relação ao Brasil. Mas, ao contrário de Dilma Rousseff, delineou nortes: 1) perseguir o equilíbrio das contas públicas; 2) deslanchar concessões na infraestrutura com regras realistas; 3) mudar a orientação da política comercial e; 4) aperfeiçoar programas de distribuição de renda como o Bolsa Família.
São "propostas vento", ainda longe de serem materializadas. E seu governo começou gastando (com funcionalismo) e fala pouco sobre os custos que serão impostos individualmente (no caso da Previdência) e a grupos (em eventuais cortes na saúde e na educação).
Limitar o aumento do gasto e reformar direito a Previdência são agendas abrangentes que nunca foram feitas, e que dependem do Congresso.
Como os mercados vêm "comprando" Temer, o vento a favor atual pode virar tempestade se as coisas começarem a dar errado.
O quadro  mostra que todo os emergentes têm sido beneficiados por investidores internacionais. Mas é o Brasil quem se sai melhor entre vários países, o que explica a valorização recente do real e da Bovespa. Uma reversão das expectativas, portanto, poderá ter impactos maiores justamente sobre nós.
Olhando para trás, aos trancos o Brasil produziu uma série de reformas modernizantes nas três décadas e governos pós redemocratização, em 1985. O país melhorou muito. E Temer agora quase não tem opção, a não ser avançar diante dos retrocessos de Dilma.
Ao assumir em 2011, Dilma já trazia eixos frouxos em seu discurso de posse: "erradicar a miséria", "garantir a estabilidade de preços", "eliminar travas que inibem o dinamismo da economia" e "simplificar o sistema tributário". Não fez nada disso. Na falta de uma agenda realmente ambiciosa e moderna, e ampliando gastos também com fins eleitoreiros, o resultado de seu governo é o que temos hoje: a escancarada insustentabilidade das contas públicas.
Esse talvez seja o maior legado de Dilma.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Prefeito é encontrado enforcado dentro de matagal no Ceará





Prefeito de Nova Olinda
O prefeito de Nova Olinda, Ronaldo Sampaio, foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (27) em um matagal no limite com a cidade de Crato, no Sul do Ceará. De acordo com a Polícia Civil, o gestor foi achado enforcado em uma árvore na comunidade Sítio Zabelê. Ronaldo Sampaio estava desaparecido desde a manhã desta quarta e o corpo foi encontrado por equipes de buscas dos bombeiros e polícias civil e militar. “Ele estava em um carro numa estrada com a secretária, parou o carro, disse à secretária que iria ao matagal e não retornou mais. Só foi localizado o corpo horas depois”, explica o policial militar Antônio Marcelo Alves. A polícia afirma que ainda desconhece as causas da morte. Uma das hipóteses, segundo a Polícia Civil de Nova Olinda, é de que ele tenha cometido suicídio. Ronaldo Sampaio havia sido afastado do cargo de prefeito durante a sessão do dia 20 de junho da  Câmara Municipal de Nova Olinda.
Ronaldo Sampaio já havia sido afastado do cargo por decisão judicial em 10 de maio por um prazo de 120 dias. O prefeito recorreu da decisão, e em 17 de junho, conseguiu retornar ao cargo por decisão monocrática da presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE), desembargadora Iracema do Vale. Em 22 de julho, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar determinando a suspensão do afastamento de Ronaldo Sampaio. De acordo com Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), Sampaio contratou a namorada como funcionária “fantasma”. Além do prefeito, outras quatro pessoas são investigadas pela prática de improbidade administrativa. A denúncia sobre a contratação de funcionários fantasmas foi feita pela ex-servidora do município Wildiane Bezerra. “Eu procurava nas folhas de pagamentos e ela [Viviane Chaves] não constava. Mas no portal da transparência já constava”, afirmou ao G1.

TCM ENTREGA LISTA DE GESTORES COM CONTAS REJEITADAS. NA LISTA GESTORES E EX-GESTORES DE JUAZEIRO, CASA NOVA, CURAÇÁ, UAUÁ, SOBRADINHO E SENTO-SÉ

O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, entregou na tarde de quarta-feira (27/07) ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Carlos Alberto Simões Hirs e ao procurador regional eleitoral, Ruy Nestor Bastos Mello, a lista dos gestores municipais que tiveram contas rejeitadas nos últimos oito anos. Na relação consta cerca de 950 processos de análise de contas que tiveram parecer pela rejeição, mas o número de gestores públicos envolvidos é menor, uma vez que muitos deles tiveram contas rejeitadas em vários exercícios. 
Da lista a Justiça Eleitoral irá identificar e relacionar aqueles que tiveram contas rejeitadas “por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa”, e que, a princípio, se enquadram na Lei de Ficha Limpa e portanto são inelegíveis nas próximas eleições. Ao entregar a relação de gestores municipais que tiveram contas rejeitadas o presidente do TCM cumpriu dever imposto por lei a todos os órgãos de controle externo de contas públicas.
Atendendo a pedido do Ministério Público Eleitoral, o conselheiro Francisco Netto forneceu a todos os promotores eleitorais senhas para que tenham acesso ao sistema de informática do TCM – em especial o Cadastro de Gestores – de modo a que possam acompanhar, on-line, a atualização da lista e os processos que justificaram a decisão dos conselheiros da corte de contas. Francisco Netto destacou a colaboração que existe entre os órgãos de controle e disse que cumpre um dever “ao colaborar e dar a mais ampla divulgação das nossas decisões contra os maus gestores. A população – acrescentou – precisa ser informada , e estes políticos devem ser afastados, pela Justiça Eleitoral, da vida pública”.
O presidente do TRE, desembargador Carlos Alberto Hirs, disse que o TCM é importante parceiro para a Justiça Eleitoral, pois com a relação dos gestores que tiveram contas rejeitadas, após exame minucioso, fornece elementos ao Ministério Público Eleitoral para a instrução de processos contra políticos ficha suja e aos próprios juízes que decidirão sobre a validade das candidaturas.
O procurador eleitoral, Ruy Mello, por sua vez, disse ser fundamental a colaboração do TCM para a elaboração da lista dos gestores inelegíveis em razão da prática de ato de improbidade administrativa. Lembrou que a Lei de Ficha Limpa surgiu da iniciativa popular e em boa hora foi acatada pelos legisladores, valorizando muito a tarefa e as decisões das cortes de contas do país – frisou. Ele informou que o Ministério Público Eleitoral, este ano, pretende fazer um cadastro nacional dos políticos inelegíveis e propor, sempre que necessário, ações judiciais contra políticos corruptos e que cometeram crimes contra o erário, para afastá-los da disputa eleitoral.

Governo recua e não deve fazer mudanças na Lei de Repatriação, diz Meirelles


Governo recua e não deve fazer mudanças na Lei de Repatriação, diz Meirelles
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que o governo não vai apoiar alterações na atual Lei de Repatriação. A declaração representa um recuo do Palácio do Planalto, que havia sinalizado a parlamentares a possibilidade discutir mudanças na legislação (leia aqui). Para Meirelles, não é o momento de discutir alterações, pois elas trariam insegurança ao contribuinte. "É preciso manter as regras para que o contribuinte regularize sua situação o mais rápido possível. A lei está aí para ficar, para que o contribuinte tenha segurança", afirmou. De acordo com a Folha de S. Paulo, em uma reunião realizada nesta quarta-feira (27), preponderou a visão do secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, que é contrário a mudanças na lei. Um dos participantes do encontro afirmou que o ministro da Fazenda e a equipe do presidente interino Michel Temer avalizaram a discussão de mudanças na legislação. Caso não haja modificações, Meirelles acredita que o governo deverá arrecadar o previsto. Até o momento, apenas R$ 8 bilhões foram garantidos pelo governo. " Vamos chegar lá", disse o ministro, após a reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

QUEM VAI COMPOR A CHAPA DE VICE COM TIZIU?

Tiziu  pré-candidato  a prefeito  de  Sobradinho pelo  partido  dos  trabalhadores (PT), até  um presente  momento não divulgou o nome  de  quem  vai compor  a  sua  chapa como vice para concorrer  a  prefeitura  da terra  da  barragem  no  próximo eleitoral. Alguns nomes  estão sendo avaliados  nos  bastidores pelo  grupo liderado  por   Genilson  Silva. A  expectativa  é grande  por  parte  dos  correligionários  de  Tiziu. Um  nome  que  estava   sendo  cogitado  era  o de Paulo Lima, mas  não houve  acordo  porque  o  vice-prefeito  só queria  ser  cabeça  de  chapa, que ficou com  o  petista  Tiziu. Por esse  motivo Paulo  Lima retornou  ao  grupo político  de Luiz  Vicente.  Até  um  presente  momento há informações  se Paulo vai  o cabeça de  chapa  ou  se  vai  compor  novamente  a  chapa  como vice.  Tirem  as  suas  conclusões.  

MANOEL MESSIAS DIZ QUE SEMPRE ESTEVE AO LADO DO POVO MAIS CARENTE

Messias Messias vereador do  (PV), disse  que está com  a consciência  tranquila, como parlamentar  sempre esteve  em  defesa  dos mais carentes. O  parlamentar  argumentou  que  votou em  diversos  projetos importantes  para  a  população de  Sobradinho,  e  foi  mais adiante, o  meu partido conseguiu  emendas  para  o asfaltamento da  avenida José Balbino, recuperação  do  estádio Apolônio Sales  e  outros  investimentos  para  o município. Tenho certeza  que os sobradinhenses  reconhecem  o meu  empenho  e  a minha dedicação  pelo  um  Sobradinho melhor.

QUEREMOS UMA ELEIÇÃO LIMPA

Estamos próximo de uma grande eleição,
Onde podemos constatar muito dinheiro a rolar, devemos nós eleitores se conscientizar que voto vendido, não é voto válido.
  Podemos ver ao longo dos anos, que os políticos até hoje tem a mania de comprar votos, sabendo o povo, que nunca deve o seu voto ser vendido, porque o político que compra voto, ele não tem compromisso com você.
   Devemos todos, se comprometer em si próprio, ter consciência em dar seu voto àquele candidato honesto, cumpridor de seus deveres, para que ele lute em prol de seus eleitores.
   Podemos ver em todas eleições, candidatos cheio de dinheiro, dinheiro muitas vezes sujos, pra compras de votos,
Querendo de qualquer maneira, se elegerem,
Cabe a nós, escolher bem nossos candidatos. (Zerc viceniti)

Silas Malafaia volta a responder ação por homofobia e incitação à violência

Silas Malafaia volta a responder ação por homofobia e incitação à violência
Foto: Lula Marques/Agência PT
A 3º Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) negou mais um recurso do pastor Silas Malafaia, que tenta não fazer uma retratação pública por declarações homofóbicas em seu programa de televisão, em 2011. A turma, além de negar o recurso, acatou a manifestação da Procuradoria Regional da República para que a retratação aconteça, pois, o pastor teria incitado a violência contra homossexuais. Em seu programa, “Vitória em Cristo”, Malafaia comentou: “Os caras na parada gay ridicularizaram símbolos da Igreja Católica e ninguém fala nada. É pra Igreja Católica entrar de pau em cima desses caras, sabe? Baixar o porrete em cima pra esses caras aprender (sic). É uma vergonha”. A Procuradoria pede que a retratação tenha, no mínimo, o dobro do tempo da mensagem homofóbica. A ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF) foi movida a partir de um pedido da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais Travestis e Transexuais (ABGLT). “A retratação pública visa a compensação natural do dano buscando a efetiva restauração da dignidade humana daqueles que tiveram lesados seus direitos, tendo ainda a função educativa de desencorajar o ofensor a reproduzir condutas semelhantes”, além de afastar o efeito negativo de suas declarações sobre o ânimo de terceiros em relação aos homossexuais, desestimulando a violência incitada por sua fala”, afirmou a procuradora regional da República Eugênia Augusta Gonzaga ao se manifestar em relação ao último recurso apresentado pelo réu. O pastor havia recorrido duas vezes da decisão do TRF-3. O tribunal, em setembro do ano passado, anulou a sentença de primeiro grau que extinguiu a ação civil pública sem julgamento do mérito por ‘impossibilidade jurídica dos pedidos formulados’. Em primeira instância, as declarações de Silas Malafaia foram consideradas legítimas por se tratar de livre exercício de manifestação garantido pela Constituição. A Justiça considerou que as expressões “Entrar de pau” e “baixar o porrete” foram consideradas meras expressões populares de crítica e não propriamente incitação à violência.

Dilma: Melhora na economia não se deve a Temer



A presidente da República afastada, Dilma Rousseff, disse que os fundamentos da economia não mudam em dois meses e que, se há melhora na atividade, isso não é resultado do governo do presidente interino, Michel Temer. "Todos os fundamentos da economia foram dados no meu governo. Em dois meses ninguém recupera nada", afirmou Dilma na manhã de hoje em entrevista à Rádio Educadora, de Uberlândia (MG).
Dilma apontou que, após o referendo que aprovou a saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit), no fim do mês passado, o ministro interino da Fazenda, Henrique Meirelles, divulgou um comunicado afirmando que os fundamentos da economia brasileira são sólidos, citando o volume de reservas internacionais e o forte ingresso de investimento estrangeiro.
"O Brasil tem US$ 376 bilhões em reservas e isso não foi feito em dois meses, foi feito no governo do Lula e no meu. Graças a isso o mundo pode tossir que a gente não pega uma pneumonia", afirmou.
Segundo Dilma, outros aspectos também estão melhorando, como a tendência de queda da inflação e o início da recuperação da indústria. De acordo com ela, o problema é que durante seu governo havia uma tentativa sistemática da grande imprensa de criar um mau humor sobre a economia brasileira. "Pela mídia, todos os dias o mundo ia cair na nossa cabeça. Quando isso para de acontecer, diminui o mau humor, o mal estar. É isso que está acontecendo agora", respondeu quando questionada sobre a atual melhora nas expectativas com a economia brasileira.
Jogos Olímpicos
Dilma também reafirmou que não vai participar da abertura oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Segundo ela, toda a preparação para a competição foi feita nos governos dela e de Lula. "Eu tive uma participação absolutamente direta, mas agora quem vai para o palanque oficial é uma pessoa que não trabalhou. Eu não vou participar na condição de espectadora de um ato em que eu fui protagonista. Por isso eu prefiro não ir e não criar nenhum constrangimento", disse.
A presidente afastada lembrou que o Brasil tem experiência em receber megaeventos, como a Copa do Mundo e a Jornada Mundial da Juventude, e tem capacitação na área de segurança, inclusive para enfrentar ameaças de terrorismo. "O País está preparado para os jogos. O governo interino não mandou embora as pessoas responsáveis no meu governo pela área de segurança da Olimpíada, então espero que eles não tenham comprometido esse processo", afirmou.
Ela também comentou sobre as críticas que algumas delegações estrangeiras têm feito em relação às acomodações no Rio. De acordo com Dilma, a Vila dos Atletas, que é responsabilidade da prefeitura carioca, "é a única infraestrutura que tem problemas". "Tanto a Vila Olímpica, na Barra, quanto a Vila de Deodoro estão em perfeitas condições de infraestrutura, segurança e energia", apontou.

SUCESSÃO MUNICIPAL EM SOBRADINHO O ASSUNTO PRINCIPAL É A ESCOLHA DO VICE

Em  Sobradinho  continua  a  confusão  a  respeito  do  vice.  No  grupo  do  prefeito  Luiz  Vicente há vários pretendentes  a  exemplo  de  Geraldo Filho,  Gabriel  Lustosa,  Silvinho  da  Gráfica,  Cleyvinho,  e  por  último  o  vereador  Nino  e  Paulo  Lima.  Surgiram  comentários  de  que  o  vice-prefeito   teria  feito  uma  parceria  com  Luiz  Vicente  para  continuar  compondo  a  chapa  de  vice  para  concorrer  as  próximas  eleições.  Depois  da  matéria que foi  postada  neste veículo de  comunicação o  vereador  Gabriel  Lustosa,  por  telefone  disse  a  nossa  reportagem  que   verdadeiramente ele é  o  vice  de  Vicente,  depois  surgiram  outros  rumores  de  que  o  vereador  Nino  almeja  também  o  cargo.  O  meio  de  campo  está  todo  embolado. No  que  diz  respeito  ao  Paulo  Lima,  que  afirmou  através  de  alguns  amigos  seus  que  não  aceitaria  ser  vice  de  ninguém,  queria sim  disputar  a  eleição  como  cabeça  de  chapa,  ele  que  até  poucos  dias  estava participando  do  grupo de  oposição  que tem  a  liderança  do  ex-prefeito  Genilson Silva, na  expectativa  de  ser  o  escolhido para  disputar  a  prefeitura  de  Sobradinho,  mas  o  referido  grupo  escolheu Tiziu, deixando  Paulo  em  maus  lençóis,  são  coisas  da  política.  Os  primeiros  serão  os  derradeiros  e  os  derradeiros  serão  os  primeiros. Até as  cenas dos  próximos  capítulos.    

PF INDICIA EX-MINISTRO PAULO BERNARDO POR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA E CORRUPÇÃO

A Polícia Federal indiciou criminalmente o ex-ministro de Planejamento, Paulo Bernardo, na Operação Custo Brasil – investigação sobre suposto desvio de R$ 100 milhões de empréstimos consignados no âmbito do ministério, entre 2010 e 2015. A PF enquadrou Paulo Bernardo por integrar organização criminosa e corrupção passiva. O inquérito da Custo Brasil foi relatado pela PF na sexta-feira (22) e enviado à Justiça Federal. Agora, o Ministério Público Federal vai analisar o inquérito para denunciar ou não o ex-ministro e outros envolvidos na Custo Brasil, entre eles o ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira. Paulo Bernardo foi preso no dia 23 de junho, sob suspeita de recebimento de propinas de R$ 7,1 milhões do esquema Consist, empresa de software contratada em sua gestão em 2010 para administrar contratos de consignados com entidades de bancos e previdência – Associação Brasileira de Bancos Comerciais e para o Sindicato das Entidades de Previdência Privada.
A Consist teria cobrado uma taxa em valor quatro vezes superior ao de mercado. A Custo Brasil é um desdobramento da Pixuleco II que, em agosto de 2015, descobriu o esquema dos consignados. Um dos alvos da Pixuleco II, o advogado Alexandre Romano, o Chambinho, fez delação premiada e revelou os bastidores do caso Consist. Valores obtidos ilicitamente teriam abastecido a campanha de Gleisi Hoffmann (PT-PR), mulher de Paulo Bernardo, ao Senado em 2010. A Custo Brasil prendeu também o advogado Guilherme Gonçalves, de Curitiba, que teria realizado repasses do esquema Consist para o ex-ministro e para bancar despesas eleitorais de Gleisi. Gonçalves nega elo com o esquema.
Em nota, a advogada Verônica Abdalla Sterman afirmou: “O ex-ministro Paulo Bernardo reitera que não participou ou teve qualquer ingerência na celebração ou manutenção do acordo de cooperação técnica celebrado autonomamente entre a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e as associações de Bancos e Previdência (ABBC e SINAPP). Também reitera que não recebeu qualquer quantia da Consist, direta ou indiretamente.” (Estadão)

JUÍZA FEDERAL CONCEDE LIMINAR E ASSEGURA PRÉ-CANDIDATURA DE JOSEPH BANDEIRA

Em despacho publicado nesta terça-feira, dia 26, A Juíza da 14ª Vara Federal Cynthia de Araújo Lima Lopes, em relação a Ação Anulatória com pedido de medida liminar antecipatória de n° 0019099-23.2016.4.01.3300 movida pelo ex-prefeito de Juazeiro Joseph Bandeira (SDD), para “SUSPENDER EFEITOS DO ACORDAO 295215111 TCU 1 CAMARA TOMADA DE CONTA 00267020090 CONVENIO 2003CV000015SQA SIAFI 497061 PROJETO LIXÃO” decidiu favoravelmente ao ex-gestor que é pré-candidato a prefeito da cidade nas eleições deste ano pelo Solidariedade.

Diz a magistrada no bojo da decisão: “Por outro lado, também reputo presente o perigo de dano irreparável, uma vez que o autor afirma constar da lista de inelegíveis em razão da decisão do TCU impugnada nestes autos.
Neste passo, é importante observar que o pedido de reconsideração apresentado perante o TCU em 08/07/2016 (fls. 43/59), não atende ao requisito do art. 2851 do Regimento Interno do TCU, tendo em vista que interposto após o prazo como reconhece o próprio autor às fls. 176/186.
Nesta senda, havendo prazo para as convenções partidárias e para o registro de candidatura a mandado eletivo, há evidente perigo que o autor tenha seu direito político cerceado, justificando a concessão da tutela de urgência no caso concreto. Do exposto, DEFIRO A ANTECIPAÇÃO DOS EFEITOS DA TUTELA para determinar a suspensão dos efeitos do acórdão n.º 2952-15-11-1-TCU-1ª Câmara do TCU e, por conseguinte, do processo de Tomada de Contas n.º 002.670/2009-0, referente à prestação de contas do Convênio n.º 2003CV000015/SQA (Projeto Lixão), devendo a UNIÃO, através do seu órgão TCU, adotar as providencias necessárias ao cumprimento da presente decisão” encerra a magistrada.

Cunha recusa ser vizinho de Sílvio Costa



Eduardo Cunha recusou um dos apartamentos que lhe foram oferecidos para deixar a residência oficial da presidência da Câmara por um motivo singular: viraria vizinho de seu desafeto Silvio Costa (PT do B-PE). A informação e de Natuza Nery, na Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta querta-feira.

Enaquanto isso, Michel Temer deu ordem para que ministros priorizem a conclusão de obras em Estados do Nordeste, como Maranhão e Ceará— redutos petistas. Também pediu que não se inicie nenhuma nova construção até 2018.
A área de infraestrutura levará ao governo obras prioritárias que estão fora da lista com a qual Temer se comprometeu. Só o Ministério dos Transportes pedirá R$ 530 milhões para concluir 13 projetos até 2017.
Rodrigo Maia e Henrique Meirelles tiveram um encontro prévio acidental em que conversaram sobre a Lei da Repatriação. Eles se viram na segunda (25), quando voaram do Rio para Brasília.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Maioria dos brasileiros quer nova eleição presidencial, aponta pesquisa Ipsos


Maioria dos brasileiros quer nova eleição presidencial, aponta pesquisa Ipsos
Foto: Elza Fiúza/ Agência Brasil
Mais da metade da população brasileira acredita que o melhor para o país é a realização de uma nova eleição presidencial ainda este ano, com a saída de cena da presidente afastada Dilma Rousseff e do presidente interino, Michel Temer, de acordo com pesquisa do instituto Ipsos divulgada nesta terça-feira (26). O instituto perguntou a 1,2 mil entrevistados “O que é melhor para o Brasil?”, com quatro opções de resposta: permanência de Temer até 2018; retorno de Dilma até 2018; permanência de Temer com convocação de nova eleição este ano; e retorno de Dilma com convocação de nova eleição este ano. A maior parte dos entrevistados, 38%, respondeu que o melhor cenário seria que Temer permanecesse no cargo somente até a realização de uma nova eleição este ano. Outros 14% optaram pelo retorno de Dilma até o novo pleito. Somadas as duas respostas, o levantamento mostra que a maioria, 52%, é a favor da convocação de novas eleições, independentemente do desfecho do processo de impeachment. A opção menos escolhida, com 14%, foi a permanência de Temer até 2018. Em relação a Dilma, 20% dos entrevistados responderam que o melhor para o país seria que a petista cumprisse seu mandato até o final, em 2018. Conforme as regras determinadas pela Constituição, uma nova eleição presidencial está prevista somente para 2018. A antecipação do pleito é permitida somente no caso de renúncia simultânea de Dilma e Temer. Também há a possibilidade de que uma proposta de emenda à Constituição (PEC) seja aprovada pelo Congresso para autorizar uma nova eleição. No entanto, ambos cenários são considerados improváveis. O levantamento também mostra aumento da avaliação negativa do governo Temer. Em julho, 48% dos entrevistados avaliaram a gestão do peemedebista como ruim ou péssima, ante 43% que deram as mesmas respostas em junho. Os que consideram o governo interino regular se mantiveram em 29%. E 7% consideram o governo Temer “ótimo ou bom”, segundo a pesquisa de julho.

Mulher de Lula cobra R$ 300 mil da Bancoop e da OAS por apartamento no Guarujá


Mulher de Lula cobra R$ 300 mil da Bancoop e da OAS por apartamento no Guarujá
Foto: Reprodução/ Facebook
A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva ajuizou ação na 34.ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo contra a Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop) e a empreiteira OAS cobrando R$ 300.817,37 "em parcela única e imediata". Os valores, segundo os advogados da mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003/2010), se referem a restituição sobre cota-parte do apartamento 141 adquirida pela ex-primeira dama no condomínio Mar Cantábrico, atual Solaris, no Guarujá, litoral paulista. Marisa, Lula, o filho mais velho do casal Fábio Luiz Lula da Silva, o Lulinha, e mais 13 investigados são alvo de denúncia do Ministério Público de São Paulo. Lula é acusado de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica por supostamente ocultar a propriedade do tríplex 164-A no Solaris, reformado pela OAS ao custo de R$ 777 mil. O tríplex 164-A é um caso emblemático na mira da Operação Lava Jato. A Polícia Federal e a força-tarefa do Ministério Público Federal atribuem ao petista a propriedade do imóvel. O caso está nas mãos do juiz federal Sérgio Moro. A defesa de Lula afirma que ele não é o dono do tríplex. O Solaris era da Bancoop, a cooperativa fundada nos anos 1990 por um núcleo do PT. Em dificuldade financeira, a Bancoop repassou para a OAS empreendimentos inacabados, o que provocou a revolta de milhares de cooperados - eles protestam na Justiça que a empreiteira cobrou valores muito acima do previsto contratualmente. Na ação distribuída para a 34.ª Vara Cível da Capital, Marisa afirma que, em abril de 2005, assinou Termo de Adesão e Compromisso de Participação com a Bancoop e adquiriu "uma cota-parte para a implantação do empreendimento então denominado Mar Cantábrico". A previsão de entrega, de acordo com a defesa da ex-primeira-dama, era 2007. Segundo o documento, subscrito pelos advogados Roberto Teixeira, Cristiano Zanin Martins, Maria de Lourdes Lopes e Rodrigo V. Domingos, a Bancoop reservou previamente uma unidade do edifício que seria construído para Marisa Letícia. "No caso, o apartamento 141 no Edifício Navia, uma unidade padrão, com três dormitórios (um com banheiro) e área privativa de 82,5 metros quadrados", descreveram os criminalistas. Os advogados afirmam que Marisa Letícia pagou a entrada de R$ 20 mil, as prestações mensais e intermediárias até setembro de 2009. Segundo os criminalistas, naquele ano, a Bancoop repassou o empreendimento à OAS e deu duas opções aos cooperados: solicitar a devolução dos recursos financeiros integralizados no empreendimento ou adquirir uma unidade da OAS, por um valor pré-estabelecido, utilizando, como parte do pagamento, o valor já pago à Cooperativa.

TCE julga nesta quarta as contas de Eduardo Campos



O Tribunal de Contas do Estado realizará uma sessão especial, amanhã, para analisar as contas do último ano de gestão do ex-governador Eduardo Campos (2014). A relatora do processo é a conselheira Teresa Duere. A sessão começa às 9 horas, após, o presidente Carlos Porto iniciará a reunião do Pleno, onde constam em pauta 14 processos.

Eduardo Campos respondeu pela gestão de janeiro a abril daquele exercício. Foi sucedido pelo vice-governador João Lyra Neto após renunciar ao mandato para se candidatar à Presidência da República.

GABRIEL LUSTOSA CONFIRMA QUE O VICE DE VICENTE ELE E MAIS NINGUÉM

Gabriel  Lustosa  confirmou  por  telefone  à  nossa  reportagem,  que vai  compor  a  chapa  de  Luiz  Vicente  como  vice-prefeito,  adiantou  que  o  seu  nome  foi  confirmado  com  o  apoio  de  todos  os  correligionários  do  grupo  Berti.  O  vereador  Gabriel  Lustosa,  disse  que  sua  trajetória  como  político  começou  no  grupo  comando  pelo  ex-prefeito  Luiz  Berti,  e  sempre  foi  fiel  ao   grupo. Por  isso  afirmo  categoricamente,  eu  Gabriel  Lustosa,  vou  com  compor  a  chapa  de  Luiz  Vicente como  vice-prefeito.

Temer se prepara para enfrentar retaliação de Cunha



Governo quer evitar cair em armadilha na economia e na política
A um mês do início da votação no Senado do impeachment de Dilma e com uma Olimpíada no meio do caminho, a prioridade do governo Temer é evitar armadilhas na política e na economia.
O governo continuará administrando por meio de discursos do presidente e de ministros as expectativas na economia. Por exemplo, prometer reforma da Previdência e controle do gastos públicos para manter o apoio do mercado financeiro e dos empresários.
Outra ação é se preparar para enfrentar eventual retaliação do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. O governo considera que a cassação do mandato de Cunha está ligada ao destino de Dilma. Na visão do governo, no próximo mês e quase simultaneamente, Cunha perderá o mandato e Dilma sofrerá impeachment.
Nos bastidores, o governo avalia que Cunha vai morrer atirando, porque é o estilo dele. Temer tem dito a interlocutores que está preparado para enfrentar Cunha.
Temer acredita que, se o impeachment for aprovado, haverá uma onda positiva na economia. Isso daria mais força ao governo para aprovar medidas duras no Congresso, como a reforma da Previdência e a emenda constitucional que cria um teto para o crescimento das despesas públicas.
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, repetiu nesta segunda que poderá recorrer a aumento pontual de impostos. É uma medida que encontra mais resistência do Congresso e dos empresários, mas que não pode ser descartada.
Uma parcela do governo acredita que, com uma nova CPMF, o ajuste fiscal seria mais rápido e que isso poderia acelerar a retomada de investimentos, gerando mais empregos e renda.  (Kennedy Alencar)

Dilma: querem nos transformar num bando de carneiros



Em evento para defender seu mandato em Aracaju (SE), a presidente afastada reiterou suas críticas à gestão do presidente em exercício e afirmou que querem retirar direito
 O Estado de S.Paulo - Carla Araújo
Em evento para defender seu mandato em Aracaju (SE), a presidente afastada Dilma Rousseff reiterou suas críticas ao governo do presidente em exercício Michel Temer, afirmou que querem retirar direitos dos brasileiros e se mostrou contrária ao projeto Escola sem partido, que supostamente defende a “neutralidade política, ideológica e religiosa”  nas escolas, em tramitação no Senado. “Eles têm uma pauta ultraconservadora”, disse.
“A educação sem partido é na verdade o coroamento dessa visão”, afirmou, ressaltando que o projeto impedirá que as escolas formem cidadãos pensantes. “Querem nos transformar num bando de carneiros. Isso é a educação sem partido.”
Dilma disse ainda que o processo de impeachment “sem crime” é machista e que se inspira nas mulheres anônimas brasileiras “que lutam todos os dias”. “Eu não vou deixar de lutar”, afirmou. A presidente afastada disse que com mobilização é possível persuadir os senadores para votar contra o seu afastamento definitivo.

Dilma muda a versão sobre caixa dois na campanha


Agora, presidente diz que repasse foi após a campanha e, por isso, não a atinge
O Globo - Eduardo Barreto
Após ter dito semana passada que, se houve caixa dois em sua campanha, isso ocorreu sem seu conhecimento, a presidente afastada, Dilma Rousseff, adotou nesta segunda-feira nova resposta para a delação de seu ex-marqueteiro, João Santana. Em depoimento na última quinta-feira, o publicitário e a mulher dele, Mônica Moura, admitiram ao juiz Sérgio Moro que os depósitos de US$ 4,5 milhões feitos pelo empresário Zwi Skornicki na conta do marqueteiro na Suíça eram para pagar dívidas da campanha presidencial de 2010 sem declaração à Justiça Eleitoral, ou seja, caixa dois.
Em entrevista à Rádio França Internacional, Dilma alegou que, como o caixa dois teria ocorrido após eleição, ele não atingiria sua campanha:
— Querida, nem o João Santana nem a mulher dele acusaram a minha campanha. Eles se referem a episódios que ocorreram depois de encerrada a campanha, e depois que o comitê financeiro da minha campanha foi dissolvido, dois anos depois. Então não há nenhuma afirmação que atinja a mim e a minha campanha. E é público e notório que eu jamais autorizei caixa dois na minha campanha.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Suplicy é detido durante protesto em São Paulo


Do G1
O ex-senador e candidato a vereador pelo PT Eduardo Suplicy, 75, foi detido,  pela Polícia Militar após protestar contra reintegração de posse na Zona Oeste de São Paulo. Ele foi levado ao 75º DP, no Jardim Arpoador.
Segundo a Polícia Militar, ele foi detido por resistência. Suplicy se deitou na rua para impedir a reintegração de posse e chegou a ser carregado por policiais militares.
Desdo do início da manhã desta segunda, moradores realizam protesto contra reintegração de posse de um terreno na Cidade Educandário, na região da Rodovia Raposo Tavares.
Ao todo, são 350 famílias que ocupam uma área que pertence à Prefeitura de São Paulo. O protesto teve início durante a madrugada e moradores montaram barricadas com colchões e madeiras nas entradas do terreno.
Os moradores atearam fogo para impedir a aproximação do oficial de Justiça e de policiais militares que estavam no local. Um ônibus foi atravessado na via pelos moradores. Mais tarde, o veículo foi parcialmente incendiado, mas as chamas já foram apagadas.
Às 8h, a tropa de Choque, da Polícia Militar, estava no local e a situação ficou tensa. Moradores jogaram pedras nos policiais que revidaram com bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral.
Segundo a Prefeitura de São Paulo, as casas foram construídas em uma área de risco, já que estão em um barranco. De acordo com a administração municipal, os moradores foram cadastrados para recebimento do auxílio bolsa-aluguel.

Dilma apresenta alegações finais ao Senado


Encerra-se nesta terça-feira (26) o prazo para a defesa da presidente afastada Dilma Rousseff entregar à comissão especial do Senado as alegações finais sobre o processo de impeachment.
A acusação, composta pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaina Paschoal, entregou as alegações finais em 12 de julho. No documento, com 131 páginas, eles retomam a tese de que a presidente é culpada pelas chamadas “pedaladas fiscais”.
O próximo passo é o relator, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), elaborar seu parecer. A apresentação será no dia 2 de agosto, com discussão no dia seguinte. A votação, em comissão, da pronúncia, a fase de aceitação, foi agendada para o dia 4.