Chico Ferreira

Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Homem atira pedra em vidraça do Palácio do Planalto



Vidro atingido por um homem que queria falar com a presidente Dilma


Um homem foi contido, hoje, por seguranças do Palácio do Planalto, depois de atirar uma pedra em uma das vidraças da sede do Executivo. Identificado como Moacir Rocha de Oliveira, ele disse que veio da cidade de Livramento, na Bahia, e queria falar um “assunto particular” com a presidenta Dilma Rousseff (PT).
“Ele é um viajante. Com frequência, aparecem pessoas que esse tipo de problema aqui. Nosso pessoal já está acostumado com isso. Não teve ameaça nenhuma. É uma pessoa que está com problema psicológico e jogou uma pedra na vidraça. Teve dano ao patrimônio, mas a gente quer preservar a integridade física e de saúde dele”, disse Alexandro Costa de Lima, chefe da Segurança do Palácio do Planalto.
Moacir chegou a ser encaminhado para a 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte, mas como se trata de uma ocorrência em área de segurança nacional, teve que ser levado para a Superintendência da Polícia Federal onde vai ser ouvido em instantes.
No momento do incidente, a presidenta não estava no Palácio do Planalto. Ela passou a manhã no Palácio da Alvorada, residência oficial.

SOBRADINHO: CLIMA DE COMOÇÃO NO CORTEJO DO CORPO DO PASTOR MÁRIO BENEDITO

  Clima  de  comoção  foi  o  cortejo  do  corpo  do  pastor  da  assembleia  de  Deus  de  Sobradinho,  Mário  Benedito,  que  faleceu domingo (27),  vítima  de  um  infarto  fulminante. O  corpo  do  religioso  foi  transladado  na  tarde  desta  segunda-feira,  onde  será  sepultado  terça-feira (29)  na  cidade   cidade  de  Camaçari-BA. Mário  Benedito  administrou  a  Igreja  Assembleia  de  Deus de  Sobradinho,  Somente  sete  meses,  mas  deixou  um  bom  legado. Os  membros  da  Igreja  e  amigos  se  emocionaram  durante o  velório. Mário  deixou  muita  saudade  e  um bom exemplo  como  cristão. (Reportagem  de  Maria  Helena)

FOI VELADO DURANTE ESTA SEGUNDA-FEIRA (28) O CORPO DO PASTOR DA ASSEMBLEIA DE DEUS

O  corpo do  pastor  Mário  Benedito  da  Igreja  Assembleia  de Deus,  foi  velado  durante  toda  amanhã  desta  segunda-feira (28).  Mário Benedito  foi   vítima  de  um  infarto  fulminante,   foi  socorrido e  conduzido  para  o  hospital  de  urgência  de  Sobradinho  (APAM),  mas não  teve jeito, faleceu. O  religioso      chegou  a  Sobradinho  no  dia  vinte  de  janeiro  deste  ano,  para  substituir  o  pastor  Jailson. O  pastor  Mário  será  sepultado  nesta  terça-feira (29)  na  cidade  de  Camaçari,  sua  terra  natal. Se  fizeram  presentes ao  velório,  o  vice-prefeito  de  Juazeiro, Irmão  Francisco  e  o  prefeito  de  Sobradinho,  Luiz  Vicente. (Reportagem  de  Maria  Helena)

Lula deve reforçar campanha de Rui Costa a partir de agosto


Lula deve reforçar campanha de Rui Costa a partir de agosto


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve participar da campanha ao correligionário e candidato ao governo do estado, Rui Costa (PT). Segundo a Coluna Tempo Presente, do Correio, o reforço Lula deve entrar no páreo baiano a partir do próximo mês e será uma das prioridades do presidente de honra do PT, como deve ocorrer também em Minas Gerais, onde a presidente Dilma Rousseff não tem palanque duplo. O recado já teria sido transmitido ao atual governador e em fim de mandato, Jaques Wagner. Ainda segundo a Coluna, a presença de Lula ao lado de Rui é considerada pelos petistas baianos como mais forte do que a associação do candidato à Dilma ou a Wagner.

Dilema do PT para se livrar do deputado-bomba

 

PT articula a expulsão do deputado Luiz Moura. Foto: Vera Massaro

Nos últimos anos, o PT conseguiu construir um importante reduto eleitoral na capital paulista. Na populosa Zona Leste da cidade, o partido ganhou força pelas mãos de dois irmãos, o vereador Senival Moura e o deputado Luiz Moura, ambos ex-líderes de perueiros. Os votos da região foram decisivos para os petistas nas últimas eleições, especialmente para a vitória do prefeito Fernando Haddad.
Tudo funcionou bem até maio, quando veio a público a informação de que policiais flagraram Luiz Moura, ex-presidiário, em uma reunião com sindicalistas na garagem de uma cooperativa na qual também estavam dezoito membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Desde então, o deputado tornou-se um fardo difícil para o partido. (De Veja - Felipe Frazão)

Consultoria: risco de Dilma não se reeleger vai a 60%



A MCM Consultores passou a atribuir uma probabilidade de 60% de derrota de Dilma Rousseff na eleição presidencial em outubro. Desde abril, a consultoria trabalhava com um cenário de probabilidade equivalente à reeleição e à vitória da oposição. Hoje, os analistas da MCM rebaixaram as chances da presidente e agora trabalham com uma probabilidade de 60%-40% contra a reeleição.
NO MURO
'Não estamos declarando taxativamente, é bom esclarecer, que a presidente Dilma não se reelegerá. Longe disso. É muito cedo. A campanha ainda nem começou efetivamente', escreveram os analistas da MCM na nota enviada a clientes. 'Contudo, a nosso juízo, já existem elementos suficientes para atribuir mais probabilidade de vitória à oposição do que à candidatura governista.'
Segundo a MCM, as últimas pesquisas Datafolha e Ibope representaram um ponto de virada ('turning point') para o novo cenário, agora desfavorável à reeleição. 'Ambas mostraram continuidade na tendência de encurtamento da vantagem de Dilma frente a Aécio Neves e Eduardo Campos no segundo turno e aumento da diferença entre a rejeição à presidente e aos candidatos de oposição', afirmaram os analistas.
Além das pesquisas, destacou a MCM, a mudança de cenário também levou em conta a piora do quadro econômico, 'sintetizado pelo resultado decepcionante do último Caged (abertura de apenas 25 mil vagas de trabalho em junho), os sinais de forte rejeição ao PT no Sudeste - de maneira mais acentuada em São Paulo -, e a baixa competitividade das candidaturas petistas nos estados mais importantes do país, excetuando-se Minas Gerais, onde Fernando Pimentel lidera as pesquisas'.  (ÉPOCA)

domingo, 27 de julho de 2014

PESQUISA APONTA QUE PT CAMINHA PARA DERROTA FULMINANTE NA BAHIA


images


A primeira pesquisa Ibope para sucessão ao governo do estado da Bahia foi divulgada na noite desta quarta-feira (23). Foram ouvidos 1008 eleitores , entre os dias 19 a 21 de julho. O demista Paulo Souto lidera a pesquisa com 42% das intenções de votos. Com a margem de erro de 3%, o candidato do prefeito ACM Neto tem 39% a 45%.
Em segundo lugar aparece a senadora Lídice da Mata (PSB) com 11%. Rui Costa (PT) está na terceira posição das intenções dos baianos, com 8%. Rogério da Luz (PRTB) vem na quarta posição com 2% seguido do empate entre Marcos Mendes e Renata Mallet, com 1%.

MORRE PASTOR DA ASSEMBLEIA DE DEUS DE SOBRADINHO

Faleceu  na  tarde   deste  domingo (27) às  14h vítima  de  infarto o  pastor Mário Benedito da  Igreja  assembleia  de  Deus  de  Sobradinho. Segundo  informações  o  líder  religioso  estava  pregando  o  evangelho  em uma congregação no  Povoado  de  Algodões,  quando derrepente começou  a  passar  mal,  foi  socorrido para  o  hospital  de  Sobradinho,  mas  faleceu  no  caminho. Mário  Benedito  era  natural  da  cidade  de  Camaçari-BA,  tomou  posse  em  janeiro  em  substituição  ao  pastor  Jailson. O  corpo  de  Mário  Benedito  está  sendo  velado  no   templo  da  Igreja  assembleia  de  Deus  de  Sobradinho,  o  sepultamento  será    realizado  em  sua  cidade  natal.

6º BPM realiza prisão por receptação e adulteração de veículo

/
Policiais da CETO do 6º Batalhão de Polícia Militar realizaram prisão por receptação e adulteração de veículo roubado, na Rua José Pacheco, Bairro Gamboa, em Senhor do Bonfim. Quando os policiais realizavam ronda, um motociclista, ao avistar a viatura, tentou evadir-se, mas foi alcançado. A motocicleta Twister, de cor vermelha, apresentava lacre rompido e, em consulta ao sistema do Detran, os policiais constataram que o número do chassi correspondia a outro veículo, uma Moto Honda CG, de cor preta, placa OKJ6540. O condutor Vagner Ramon Silva, 22 anos, juntamente com o veículo apreendido, foi apresentado na delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante.

SUSPEITOS DE FURTAREM COLCHOES EM LOJA ATACADISTA SÃO PRESOS PELA POLÍCIA CIVIL EM PETROLINA

unnamed


Foram presos na manhã desta sexta-feira (25), duas pessoas suspeitas de furtarem colchoes de uma loja atacadista em Petrolina. Os Policiais Civis vinham investigando o furto há cerca de uma semana, quando localizaram parte da mercadoria furtada em uma residência no bairro José e Maria, zona Norte da cidade.
Foram presos Karina Faria da Cunha Freitas, de 26 anos, funcionária da loja e o seu esposo  Romário Gomes da Silva, de 24. Um terceiro suspeito de prenome Aldemir está sendo procurado pela polícia. Foram recuperados cerca de 29mil reais em mercadorias como colchoes com massageadores e cabeceiras.
De acordo com Karina, que era ex-funcionária do estabelecimento, a mesma e seu esposo haviam subtraído em companhia de Aldemir os objetos em razão de uma suposta dívida trabalhista. Os suspeitos que foram presos após esclarecimentos foram liberados e vão responder ao crime em liberdade.

Eliana: risco de aumentar corrupção no Judiciário


 As recentes decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski, sustando punições aplicadas pelo Conselho Nacional de Justiça, mostram que haver[a um novo estilo na condução do CNJ, segundo o jornal Folha de S.Paulo. Lewandowski será o próximo presidente do CNJ e do STF.
Consultada pelo jornal, a ex-corregedora Eliana Calmon disse acreditar que o CNJ 'entrará em declínio' após a atuação moralizadora da gestão de Joaquim Barbosa: 'Se Lewandowski não tomar as rédeas, a corrupção no Judiciário aumentará'.

Poderes do voto evangélico



 Edir Macedo, a única liderança evangélica relevante que se mantém aliada a Dilma, continua com o projeto de hegemonia na televisão brasileira. Negocia renovar até 2017 seu contrato de três horas diárias na grade da Rede TV!. A igreja Universal pagará 216 milhões de reais pelo período.
Por sua vez, Gilberto Carvalho falhou na primeira semana de operação do comitê evangélico da campanha de Dilma Rousseff — montado para estancar a aliança de Everaldo Pereira com as principais lideranças do segmento. Pediu para a deputada Benedita da Silva um encontro com o pastor Silas Malafaia. Acabou negado.
É grande a rejeição a Carvalho no segmento. Em 2012, no Fórum Social de Porto Alegre, o secretário-geral da Presidência afirmou aos militantes do PT que seria preciso travar uma “batalha ideológica” contra os evangélicos nas eleições futuras.  (Lauro Jardim - Veja Online)

El País: carta do Santander foi uma bomba no Planalto




 Dilma Rousseff e Emílio Botín, presidente do Santander
O jornal espanhol “El País” repercutiu neste sábado o mal-estar gerado entre o banco Santander e o governo brasileiro com carta enviada pela instituição a correntistas, junto ao extrato do mês de julho, sugerindo que o crescimento da presidente Dilma Rousseff (PT) nas pesquisas eleitorais poderia acarretar na piora da economia brasileira. A reportagem intitulada de “A saia justa do banco Santander” afirma que a iniciativa “caiu como uma bomba no Planalto”, ressaltando a estreita relação de Dilma com o presidente mundial do Santander, Emílio Botín. A publicação lembra que “hoje, o Brasil representa um quinto do lucro do grupo”.
Por conta disso, a vinda de Botín ao país, esperada esta semana para evento promovido pelo banco sobre educação, também estaria ameaçada. A publicação lembra que “desde que a presidenta Dilma Rousseff assumiu o poder, em 2011, o presidente mundial do Santander, Emílio Botín, esteve pelo menos quatro vezes no país. E nas quatro ocasiões, foi recebido pela presidenta no Palácio do Planalto, quando Botín fazia questão de tornar públicas suas mensagens de otimismo com o país”.

sábado, 26 de julho de 2014

PT repudia declaração de MGF e diz que tomará medidas judiciais contra o candidato do PHS


PT repudia declaração de MGF e diz que tomará medidas judiciais contra o candidato do PHS

Depois do ex-deputado federal e ex-presidente do Esporte Clube Bahia Marcelo Guimarães Filho (PHS) ter acusado o PT, na última quarta-feira (23), de comprar a aliança do partido nanico à candidatura de Rui Costa (PT) ao governo do Estado, a chapa enviou resposta neste sábado (26) em que repudia a acusação do candidato a deputado estadual, que “tenta descredibilizar a lisura do processo que levou o Partido Humanista da Solidariedade a reconhecer a importância de apoiar um projeto que visa assegurar a redução da desigualdade, incorporar amplos segmentos da sociedade e repartir melhor a riqueza e a renda na Bahia”. "Conforme já afirmou ao próprio site, o presidente do PT Bahia e representante da chapa, Everaldo Anunciação, reitera que nem o PT nem os partidos que apóiam Rui fazem questão do voto nem da campanha de Marcelo Guimarães Filho, mas sim de pessoas que tenham compromisso com o nosso projeto, reforcem a luta e caminhem conosco até a vitória", diz nota.  A coligação declarou, também, que tomará medidas judiciais cabíveis no caso

Petistas na cola de Heráclito



 Um dos mais ruidosos adversários do governo Lula na década passada, o ex-senador do Piauí Heráclito Fortes formou uma caravana de petistas que acompanha minuciosamente cada passo de um processo que pode atrapalhar sua tentativa de retorno à atividade parlamentar. Em 2010, quando Heráclito foi acusado de desviar dinheiro público para fazer autopromoção, o ministro do STF, Gilmar Mendes, concedeu efeito suspensivo no processo. Com direito a concorrer à reeleição, Heráclito acabou derrotado.
De olho nas urnas de outubro deste ano, ele deixou o DEM, vestiu a camisa do PSB e fez planos para disputar uma cadeira de deputado. Em 2012, quando o processo foi julgado e ele acabou condenado, graças ao voto do presidente do STF, Joaquim Barbosa, Heráclito entrou com recurso e agora pode salvar-se. Depois da aposentadoria de Joaquim, o caso acabou redistribuído. Foi parar, de novo, no gabinete do ministro Gilmar Mendes. (Paulo Moreira Leite - IstoÉ

Aécio reúne seu 'exército' e dá largada. Acha que ganha

Aécio reúne seu 'exército' e dá largada. Acha que ganha

 Sem contar com a máquina do governo e o tempo de TV da presidente Dilma, o tucano Aécio Neves dá a largada, na segunda-feira, à mobilização das alianças que construiu, rachando a base do governo. Aécio vai reunir representantes de 27 estados, informa Ilimar Franco, na sua coluna do jornal O Globo.
Diz o colunista que o time de Aécio crê que esse exército fará a diferença na eleição. Os tucanos reconhecem que o palanque de Dilma é robusto mas marcado pela desunião, enquanto o de Aécio é robusto e unido

TCU: decisão salva a cabeça de Dilma e de muita gente




 Os integrantes da oposição (democrata/tucana) que trabalharam, pelo relatório do ministro do TCU, José Jorge, no caso Pasadena, não queriam, como os petistas, salvar a presidente Dilma. Mas esse foi o preço que tiveram de pagar para livrar os empresários Jorge Gerdau e Fábio Barbosa, integrantes do Conselho, e passíveis de serem incluídos na lista de culpados.
O TCU cobra ressarcimento de R$ 700 milhões dos ex-diretores da Petrobras. Respiram aliviados também os ex-ministros Pedro Malan e Rodolpho Tourinho, além da ex-ministra do STF Ellen Gracie. Eles integravam o Conselho da OGX, cujo rombo de R$ 2,12 bilhões está sob investigação da CVM. (O Globo - Ilimar Franco)

Aleluia: “Nova pesquisa do Vox Populi é suspeita”

“O Vox Populi está sob suspeição na Bahia. Na semana passada, o registro de uma pesquisa com o questionário cheio de vícios, objetivando favorecer o candidato petista a governador, inabilitou esse instituto a realizar qualquer consulta eleitoral em nosso estado. Portanto, uma nova tentativa de pesquisa do Vox Populi será alvo de ação judicial”, avisa o presidente da coligação “Unidos pela Bahia”, José Carlos Aleluia.
O líder oposicionista destaca que a Justiça Eleitoral, por meio de decisão do juiz Salomão Viana, reconheceu a ilegalidade e determinou a proibição da pesquisa do Vox Populi, em que a consulta estimulada para governador não apresentava isoladamente os nomes dos candidatos, como determina a legislação, mas apenas com os apoios. “Curiosamente, o mesmo procedimento não foi feito para a presidência da República, que dispunha apenas dos nomes dos candidatos, como previsto pela lei”.
Para Aleluia, o ardil teve como único objetivo favorecer os candidatos petistas em detrimento dos adversários. “Na tentativa de dar uma impulsionada no desconhecido candidato a governador, destacaram os apoios. Já para a presidência, em que o adversário oposicionista Aécio Neves é menos conhecido, evitaram apresentar o apoio de ACM Neto, por exemplo. Por outro lado,  recente pesquisa do Ibope seguiu à risca a legislação eleitoral”.

Desde morte de Eliza, primo de Bruno apresenta ao menos sete versões

Veja as mudanças nos relatos de Jorge Luiz Rosa sobre o crime.
Nesta sexta, buscas foram feitas em um terreno apontado por ele.


Jorge Luiz Rosa já apresentou diferentes relatos para a morte de Eliza (Foto: Pedro Ângelo/G1)

 
Jorge Luiz Rosa já apresentou diferentes relatos para a
morte de Eliza Samudio (Foto: Pedro Ângelo/G1)
Antes de Jorge Luiz Rosa, primo do goleiro Bruno Fernandes, procurar a polícia para indicar um terreno onde supostamente o corpo de Eliza Samudio teria sido enterrado, o jovem já havia apresentado diferentes versões sobre o caso. Nesta sexta-feira (25), buscas foram feitas em um lote vago de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, mas os restos mortais não foram localizados. Desde a morte da ex-amante do atleta, ele apresentou ao menos sete relatos diferentes sobre o assassinato.

As versões se contradizem. Por vezes, ele acrescentou elementos, em outras, retomou relatos anteriores feitos a autoridades e chegou até mesmo a negar o que disse, alegando que teria sido pressionado pela polícia. Inicialmente, disse que o corpo teria sido esquartejado e jogado a cães, e os ossos concretados. Agora, quatro anos após a morte de Eliza, por querer dar o direito à mãe da jovem de enterrá-la dignamente, Rosa apresentou outra versão, com riqueza de detalhes. Mesmo depois de nada ter sido encontrado no novo local indicado pelo primo de Bruno, o advogado que acompanhou o rapaz em Minas diz que ele segue convicto desta última versão.

Na época do crime, Jorge Luiz Rosa era menor de idade. Por envolvimento na morte, ele cumpriu medida socioeducativa. Veja os diferentes relatos.
Jorge, primo de Bruno, acompanha trabalhos de busca por corpo de Eliza Samudio (Foto: Pedro Ângelo / G1)

 
Jorge, primo de Bruno, acompanhou trabalhos de busca por corpo de Eliza Samudio (Foto: Pedro Ângelo/G1)
Corpo jogado a cães e ossos concretados
No depoimento dado à Polícia Civil do Rio Janeiro, logo após o início das apurações sobre o desaparecimento de Eliza Samudio, em julho de 2010, Jorge Luiz Rosa contou detalhes sobre a morte da ex-amante do primo. Ele afirmou que, junto com a jovem e Luiz Henrique Romão – o Macarrão – teria feito o trajeto entre o Rio de Janeiro e Minas Gerais. Durante o percurso, ele disse que deu três coronhadas em Eliza.

Bruno, segundo esta versão, teria chegado de táxi ao sítio dele na Região Metropolitana da capital mineira, porque teria viajado de avião. Na ocasião, o jovem também relatou que o goleiro ficou na propriedade por duas horas e depois chamou um táxi para levá-lo até o aeroporto, pois queria voltar para o Rio no mesmo dia.

Jorge Luiz Rosa contou que, no dia seguinte, ele, Macarrão, Eliza e o filho dela entraram no carro de Bruno e seguiram rumo a Belo Horizonte. No veículo também estaria, segundo o jovem, Sérgio Rosa Sales, primo de Bruno assassinado antes de ser julgado pelo crime.
Rosa contou que chegaram a um local que se parecia com um sítio e foram recebidos por um homem alto, negro, chamado Neném. O executor, como relatou Rosa, pegou Eliza, amarrou os braços dela com uma corda, deu uma gravata, e pediu para que todos deixassem o local.
 
saiba mais
O homem a quem Rosa chamou de Neném teria passado carregando um saco. Ele disse que viu quando a mão de Eliza Samudio teria sido arremessada a cachorros rotweillers. Contou ainda que os ossos foram concretados no mesmo terreno em que ela foi morta.

Jorge diz que Bruno estava no sítio
Dias depois, o jovem prestou outro depoimento contradizendo parte das declarações que havia feito e complicando a situação do goleiro Bruno e de Macarrão. Na segunda versão, dada à Promotoria da Infância e da Juventude do Rio, Rosa contou que Macarrão disse que eles iriam pegar Eliza porque ela "estava dando muita aporrinhação para Bruno por causa do filho que dizia ter com o goleiro".
Diferentemente do relato inicial, ele disse que ficaram por dois dias na casa do primo na capital fluminense e que o atleta estava no sítio enquanto Eliza era mantida em cárcere privado. Em relação ao momento do crime, ele disse que Macarrão teria amarrado a mão de Eliza. Depois do assassinato, Romão teria ligado para o executor, que teria contado que o corpo foi jogado para os cães. Mas, como os animais não teriam comido toda a carne, parte dos restos mortais teriam sido concretados.

Jovem volta atrás e confirma ter visto que mão de Eliza foi jogada a cachorros
Já em Minas Gerais, ele prestou outro depoimento e retomou parte das declarações. Rosa disse que não participou da morte da jovem, mas que esteve no local da execução, apontado como a casa de Bola. O então menor teria ficado em um cômodo diferente de onde Eliza teria sido assassinada, mas ele disse que viu quando Bola arremessou a mão dela aos cães.
Eliza Samúdio - Globo News (Foto: Globo News)

 
Eliza Samúdio foi morta em junho de 2010
(Foto: Globo News)
Primeiro depoimento é desmentido
No fim de julho de 2010, Jorge Luiz Rosa desmentiu o primeiro depoimento durante uma acareação entre ele o primo Sérgio Rosa Sales. Ele contou à polícia que esteve na casa de Bola havia dois anos com Macarrão e que tinha apontado o suposto local do crime porque estava sendo pressionado pela polícia. Relatou também que não assistiu ao assassinato. Segundo a defesa do rapaz, ele também negou que o corpo de Eliza tivesse sido esquartejado. Nesta ocasião, ele também mudou a versão em relação à participação de Sales no crime, dizendo que ele sequer esteve em Vespasiano.
Jorge muda versão de como conheceu Bola
Em outubro daquele ano, ele mudou mais uma vez o relato sobre a morte da ex-amante de Bruno. Rosa contou que inventou a história de que o corpo da jovem teria sido devorado por cães da raça rotweiller porque o pai cria cães e que teria apontado o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos – o Bola – como um dos suspeitos do crime porque já o conhecia e sabia que ele também criava cachorros. Ele continuou afirmando que teria sido pressionado pela polícia no primeiro depoimento.

Primo de Bruno mais uma vez volta atrás
No ano passado, em entrevista ao Fantástico, Rosa voltou atrás, mais uma vez, e disse que teria contado que os restos mortais de Eliza teriam sido jogados para cachorros porque Luiz Henrique Romão havia lhe contado. "Que o Macarrão me falou que tinha sido jogado, que tinha dado umas bicudas nela, antes dela morrer, antes de enforcar ela”, afirmou.
Corpo enterrado em lote vago
Nesta última quinta-feira (24), após uma entrevista com Rosa ser veiculada por uma rádio do Rio de Janeiro, o jovem contou uma versão em que o corpo teria sido enterrado em vez de esquartejado e jogado a cães.

"Ele [Jorge] esclareceu que a Eliza Samudio foi levada por ele e pelo Macarrão à casa do Bola, onde foi assassinada. O Bola teria dado uma gravata na Eliza, asfixiado ela até a morte e depois decepou uma das mãos da Eliza. E depois disso, segundo a versão dele, enrolou o corpo e a mão num lençol e depois colocou no interior de um saco de cadáver. (...) E depois foram para um lote vago, próximo à casa do Bola, onde já havia uma cova feita, um buraco profundo, aparentemente feito por uma retroescavadeira, segundo ele. E ali foi arremessado o saco contendo o corpo da Eliza. E, posteriormente, os três – o Jorge, o Macarrão e o Bola – teriam enterrado o corpo", relatou o delegado Wagner Pinto, responsável pelo depoimento do primo de Bruno Fernandes.

Eduardo no palanque de Alckmin irrita Aécio



Geraldo Alckmin e Eduardo Campos


A decisão do tucano Geraldo Alckmin de subir no palanque de Eduardo Campos (PSB) causou irritação no comitê de Aécio Neves (PSDB), relata Bernardo Mello Franco, hoje na sua coluna da Folha de S.Paulo. Diz o colunista que campanha do tucano foi surpreendida com a declaração de Ackmin de que terá 'muita alegria' em pedir votos ao lado de Eduardo.
'Nós não estávamos contando com isso. Obviamente não é um fato positivo', diz um aliado próximo a Aécio, segundo o colunista. Sem uma vitória expressiva em São Paulo, o mineiro considera impossível chegar à Presidência.
Aliados de Alckmin alegam que o crescimento de Eduardo Campos é essencial para que a eleição vá ao segundo turno. Eles dizem ainda que o pernambucano pode tirar votos de Dilma Rousseff (PT), e não de Aécio.''
''O PSB também vê São Paulo como o fiel da balança. O partido considera possível vencer Aécio no Nordeste e no Norte, mas não no Sul e no Centro-Oeste. Os votos paulistas seriam determinantes para levar Campos ao segundo turno. Para superar o tucano, o candidato do PSB calcula que precisará abrir uma vantagem de 2 milhões de votos sobre ele em São Paulo. O vice na chapa de Alckmin, Márcio França, é do partido de Eduardo Campos.''

CONTABILISTA É ASSALTADA EM SOBRADINHO

A   contabilista  Rosineide  melo,  filha  do  comerciante  Zé  moreno,  foi assaltada  na  manhã  deste  sábado (26)  na  estrada  da  Juacema  a   10 km  do  centro  de  Sobradinho. Rosineide  ia  fazer  o  pagamento  dos  funcionários  da  empresa  Guarajá,  onde presta  serviço. A  contabilista pilotava  a  sua  moto  quando foi  interceptada por dois bandidos  que  vinham  numa  motocicleta  e  levaram  aproximadamente  15 mil  reais. que  estavam  na  sua  bolsa.  Os  bandidos  evadiram-se  em  alta  velocidade  tomando  destino ignorado. A  onde  de assalta  continua crescente  em  Sobradinho,  e  a  população  está  assustada  e  pede  providências  às  autoridades  policias.

Paulo Souto: “Vamos dar um basta na violência do Baixo Sul”


Com tantas belezas e riquezas naturais, o Baixo Sul é uma região abençoada por Deus. Seu povo, que sempre foi alegre e hospitaleiro, não merece viver no inferno da violência desenfreada que invadiu as cidades e a zona rural nestes últimos sete anos e meio. Vamos dar um basta nisto!”, afirmou o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, ao lado dos companheiros de chapa, Joaci Góes (vice), e Geddel Vieira Lima (senador), nesta sexta-feira, dia 25. O sentimento de esperança de dias melhores da população do Baixo Sul era manifestado em acenos e gestos esfuziantes e entusiasmados por onde passava a carreata da chapa majoritária oposicionista. O cortejo motorizado partiu de Camamu, no final da manhã, e seguiu por Ituberá, Nilo Peçanha, Taperoá e Valença.
Em cada uma dessas cidades, a comitiva da oposição, composta também pelos candidatos a deputado federal, José Carlos Aleluia, Cláudio Cajado e Hildécio Meireles, e estadual, Heraldo Rocha e Sandro Régis, fazia um corpo a corpo e realizava comícios, transmitindo a mensagem da nova Bahia. Paulo Souto garantiu que a segurança pública será uma prioridade em sua administração. “Se eleito, vou restabelecer a confiança entre o governo e a polícia. Aumentar e distribuir melhor o contingente policial. Além de investir em tecnologia e inteligência para combatermos com eficiência a criminalidade em todo o estado. A paz vai voltar à Bahia”, disse.
Geddel reiterou a determinação da chapa em trazer de volta a tranquilidade aos baianos. Criticou o caos da saúde pública e o maltrato sofrido pela população, quando depende de um internamento hospitalar e tem que se submeter à roleta russa da regulação, onde a sorte decide quem vive e quem morre. Paulo Souto anunciou que os centros regionais de assistência à saúde, que pretende implantar, no caso de eleito, vão acabar com o martírio de os pacientes permanecerem meses esperando por consultas e realização de exames. “Vamos trabalhar para que as pessoas tenham um atendimento digno”.
A infraestrutura da região não foi esquecida pelo candidato a governador. Ele se comprometeu a recuperar o trecho da BA-001, que vai de Nazaré a Valença, além de estudar a viabilidade de fazer contornos rodoviários nas cidades cortadas pela rodovia. Também prometeu esforços na recuperação da estrada que liga Ituberá a Piraí.Paulo Souto revelou estar em seus planos ainda um programa de apoio aos pequenos produtores agrícolas do Baixo Sul. “Desejamos promover a requalificação urbana da orla de Camamu e desenvolver ações que fortaleçam o turismo nesta região de grande potencial”.

Petardo de Israel estremece relações com o Brasil



:


O petardo diplomático disparado por Tel Aviv em direção a Brasília deixou o governo brasileiro atônito. Luiz Alberto Figueiredo e o restante do alto escalão do Itamaraty foram pegos de surpresa com o comunicado israelense, acusando o Brasil de ser “politicamente irrelevante”. A primeira reação deverá ser o congelamento das relações bilaterais com Israel – comerciais, culturais e, principalmente, políticas.
O gelo tende a perdurar até que o corpo diplomático de Reuven Rivlin faça um movimento em direção ao Brasil, o que não deve acontecer até o fim da crise em Gaza. Um alto funcionário do gabinete de Luiz Alberto Figueiredo compara:
- Israel agiu, no campo diplomático, da mesma forma como, no campo militar, vem fazendo com Gaza: sem qualquer habilidade.
Internamente, sem alarde, o governo brasileiro conta que haverá gestos de solidariedade de seus vizinhos da América do Sul nos próximos dias, com a retirada de mais embaixadores de Tel Aviv. (Lauro Jardim - Veja Online)

''Lula perdeu a credibilidade'', diz Fernando Henrique



O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) é destaque de capa da revista ISTOÉ que circula nas bancas neste final de semana, numa longa entrevista, na qual discorre sobre todos os aspectos da vida econômica e política do país, no passado e atual. Para ele, não é estimulante o quadro atual do país nesse aspecto: 'Há uma fadiga em relação ao governo', 'existe um mal-estar no país', '., o Lula não perdeu popularidade mas perdeu a credibilidade. O mensalão arranhou muito.’’. E o mensalão mineiro, que atingiu quadros do PSDB? Teve pouca repercussão. ‘’E, por outro lado, o Eduardo Azeredo é um cara correto.’’
Eis alguns tópicos do que disse Fernando Henrique na entrevista a Sérgio Pardellas, da ISTOÉ:
’’O Vou ser sincero: há dois anos eu não acreditava na possibilidade de uma derrota eleitoral do governo. Hoje eu acho possível transformar esse mal-estar em algo que tenha consequência eleitoral.’’
‘’O Bolsa Escola fui eu que fiz, copiando o exemplo de Goiás, com Marconi Perillo, para dar cidadania e entregando os recursos para a mulher. Foi decisão do meu governo.’’
‘’O Fome Zero do Lula ficou um ano sem sair do papel. Depois eles perceberam que era melhor pegar o plano anterior, que era o das Bolsas. Não houve mudanças radicais quando mudou o governo.’’
‘’O Aécio não vai mexer na política do Bolsa Família. O que deverá fazer é aumentar o mercado de trabalho. Acompanhar a pessoa que é assistida até ter o emprego, como ocorreu no Chile. O ideal é que as pessoas não sejam dependentes. O Bolsa Família é uma solução de emergência, necessária, mas não para o futuro.
‘’Sempre lutamos para tirar qualquer partido de dentro das empresas. A Petrobras, por exemplo. Nunca pensamos em privatização. É mentira. Nem se cogitou. Queríamos a competição e tirar a influência partidária. O mesmo com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica.’’
‘’Há uma fadiga em relação ao governo. Bem, também existe a fadiga da classe média em relação ao PT. Sobretudo em São Paulo. É assustadora essa rejeição de 47% no Estado e 49% na cidade.’’
‘’Para vencer, precisamos consolidar o peso que temos por aqui e reduzir a diferença no Norte-Nordeste. No Estado de São Paulo, o Aécio ganha no segundo turno e, na cidade, no primeiro turno. No Sul, a gente ganha. Na Bahia, estamos razoavelmente bem. Em Pernambuco, o Eduardo Campos, candidato do PSB, vai tirar votos da Dilma. No Ceará, fizemos acordo com Tasso Jereissati e Eunício Oliveira, do PMDB. E temos as prefeituras de Maceió, Teresina, Belém, Manaus, algo que nunca tivemos. Por isso, a chance de ganhar aumentou.’’
''O Aécio explicou que a construção (do aeroporto em terras de seu tio em Minas) se fez em área já desapropriada e pertencente ao Estado de Minas e que seu tio-avô contesta o valor da desapropriação. Se é isso, qual a acusação? Se há denúncia, que haja apuração, mas não creio que isso arranhe a candidatura.’’
''Quem chamou a elite branca para lá (abertura da Copa)? Foi o governo. Sobre os xingamentos, a mim me chocou. Soube, depois, que o que disseram para a Dilma se tratava de um bordão comum nos estádios de futebol. Bem, de qualquer maneira, ir ao estádio é chamar vaia. Qualquer governante. Nas atuais circunstâncias, mais ainda. Mas não é algo isolado: um candidato com 47% de rejeição não pode dizer que quem está contra é somente a elite branca.''
Clique aqui  para ler a entrevista da ISTOÉ na íntegra

sexta-feira, 25 de julho de 2014

ESCOLA PARA FORMAÇÃO DE ........VAGABUNDOS





 
ZELADOR QUE PEDIU PARA SER DEMITIDO

Interessante e verídico!!!

O zelador de um prédio em Natal / RN , pediu à administração do condomínio onde trabalhava que o demitissem.

Contou o motivo; tem dois cunhados  desempregados, lá  mesmo em Natal, e que, por conta da Bolsa Escola, Cartão Cidadão, Cartão  Alimentação, Vale Gás, Transporte Gratuito, Vale-Refeição (acreditem - Vale-refeição) e demais benefícios do nosso governo, dadas a título de esmola, vivem melhor que ele.

Aí paramos e fomos fazer umas continhas:
1.
Bolsa escola - R$ 175 para cada filho que freqüente  as aulas (2 filhos) ..... = R$  350,00 (em dinheiro)
2.
Cartão cidadão (cujo intuito é restituir a  cidadania) .... = R$  350,00 (em dinheiro)
3.
Vale gás (um por mês) .......................................... = R$    70,00
4.
Transporte (calculamos 4 passagens diárias, que é uma  boa média) R$8,00/dia x 20 dias . =  R$  160,00
5.
Vale refeição (um por dia) R$ 3,50/dia x 30 dias x 4 pessoas (ele a Esposa e os dois filhos) = R$   420,00

Total em dinheiro .............  = R$   700,00
Total em serviços ...............= R$   650,00

Total mensal .. =
R$ 1.350,00

Meu Deus!!!!
Quanto VC ganha por mês TRABALHANDO????

Obs.1 : O salário do zelador acrescido de horas extras e tudo mais girava em torno de R$ 830,00/mês.

Obs.2: Tudo isso é o estabelecido pela *LEI No 10.836, de 09 DE JANEIRO DE 2004*.

Duvida  (?????) , então consulte:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2004/Lei/L10.836.htm

Como o zelador tem três filhos em idade escolar, para ele é vantajoso ficar desempregado e ter esses benefícios. Seu 'salário desemprego' irá girar em torno de R $ 1.525,00, quase o dobro do que ganha trabalhando.

Como diria o Boris Casoy (expurgado da TV por se opor ao Lula, agora na TV BANDEIRANTES): 'ISTO É UMA VERGONHA!'.

Sabe quem paga por isso?

'NÓS', os 'OTÁRIOS'


Porque você acha que o Nordeste em peso votou no Lula?




PORTANTO MEUS AMIGOS;



"Trabalhem duro porque milhões de pessoas que vivem do Fome-Zero e do Bolsa-Família, sem trabalhar,  e  que são sustentados  por nós "
para  que  trabalhar. (Colaboração  de Geraldo Francisco  de  Lima)

Novo processo acusa o doleiro Alberto Youssef por evasão de divisas


Novo processo acusa o doleiro Alberto Youssef por evasão de divisas


A Justiça Federal no Paraná abriu nesta quinta-feira (24) novo processo criminal contra o doleiro Alberto Youssef, alvo da Operação Lava Jato, desta vez por operação irregular de instituição financeira e evasão de divisas, no valor de US$ 78,2 milhões, mediante 1.114 contratos de câmbio fraudulentos envolvendo duas empresas offshore. Para executar a fuga de capitais, segundo a Procuradoria da República, Youssef celebrou, por meio de operadores, contratos de câmbio para pagamento de importações fictícias. É a quinta ação penal contra o doleiro no âmbito da Lava Jato, deflagrada em 17 de março – outros dois processos, oriundos do caso Banestado, foram reabertos nas últimas semanas porque ele quebrou acordo de delação premiada firmado naquela investigação. A nova ação contra Youssef envolve outros sete investigados, entre eles a doleira Nelma Kodama e João Procópio de Almeida Prado – apontado pela PF como laranja do doleiro. O grupo teria realizado a evasão de quase US$ 80 milhões no período entre junho de 2011 a março de 2014 por meio das offshores DGX Imp. and Exp. Limited e RFY Imp. Exp. Ltd. Outro denunciado, Rafael Angulo Lopez, trabalhava na GFD e seria o responsável pela parte financeira de Youssef, “realizando as atividades de saque, entrega, recebimento de valores e transporte de dinheiro em espécie, reais e dólares”. Quando a Lava Jato foi deflagrada, a PF apreendeu em um cofre na sala de Lopez R$ 1,39 milhão e US$ 20 mil, além de uma maleta com cerca de R$ 500 mil. A Justiça não decretou a prisão de Lopez, mas impôs medidas cautelares, como a proibição de deixar o país. O Ministério Público Federal requereu nova ordem de prisão contra Youssef, mas o juiz Sérgio Moro avaliou que “já há várias prisões preventivas pendentes e que foram decretadas em outros autos”. “A imputação ora recebida, de manutenção de depósitos não declarados no exterior, não a justificaria, por si só”, disse na decisão. Procópio, Lopez e Costa negam os crimes a eles atribuídos. O advogado Luiz Gustavo Flores, que integra a equipe de defesa de Youssef, não respondeu ao contato da reportagem.

Reinaldo Azevedo afirma que Lula ofereceu até vaga no STF para evitar condenação de Dilma



Em sua coluna na revista Veja, Reinaldo Azevedo relata que Lula tentou interferir no julgamento do TCU relativo à compra da refinaria de Pasadena. O jornalista afirma que Lula chamou pessoalmente o ministro Múcio Monteiro para uma conversa sobre a necessidade de não se condenar ninguém. O ex-presidente teria oferecido uma vaga de ministro do STF a um membro do TCU como moeda de troca. O julgamento resultou na condenação de vários diretores da Petrobras e isentou de responsabilidade todo o conselho administrativo, ao qual pertencia a presidente Dilma. 


Leia também:
Leia abaixo a íntegra do texto de Reinaldo Azevedo: 

O julgamento do TCU sobre a compra da refinaria de Pasadena entrará para a história como um emblema da ação do PT na gestão ruinosa da Petrobras. Destaco mais uma vez: tratou-se da investigação de uma única operação numa única empresa. Prejuízo: US$ 792 milhões. Imaginem quando o país tiver condições de fazer a devida contabilidade do tamanho do estrago… Ainda chegará a vez de analisar a refinaria de Abreu e Lima, por exemplo.
E olhem que esse relatório do TCU foi negociado, com muitas idas e vindas. Há versões bem mais severas.  Mas já se falou bastante a respeito. O meu ponto agora é outro. Luiz Inácio Lula da Silva, ele mesmo!, tentou pessoalmente interferir no resultado do julgamento do TCU.
Chamou para uma conversa em São Paulo, no que foi atendido, o ministro Múcio Monteiro, que foi titular das Relações Institucionais em seu governo e está hoje no TCU. O chefão petista queria que o seu interlocutor fosse o portador de mensagem sobre a necessidade de não se condenar ninguém. Ele sabe o que disse a Múcio, e Múcio sabe a conversa que manteve com os seus pares de tribunal. Lula, no entanto, não logrou o seu intento.
Veja também:

Na tentativa de impedir a condenação da operação, acreditem!, até mesmo uma vaga no Supremo Tribunal Federal — vocês leram direito! — passou a circular como moeda de troca. O contemplado seria justamente alguém do TCU. Tivesse se realizado o negócio, creio que a nomeação entraria para o livro de recordes como a mais cara cadeira jamais entregue a um ministro de corte superior no Ocidente. Em reais: teria custado  R$ 1.758.240.000,00.
E esse foi apenas parte do jogo pesado. José Jorge, relator do caso no tribunal, passou a ser ameaçado de forma nada velada com uma avalanche de denúncias envolvendo o seu nome caso insistisse na condenação da operação. Resistiu. Os companheiros não brincam em serviço. Nunca! Também não aprendem nada nem esquecem nada.

Santander doou R$ 2,4 milhões ao PT desde 2010


O Banco Santander, que divulgou um texto afirmando que o eventual sucesso eleitoral da presidente Dilma Rousseff (PT) irá piorar a economia do Brasil, fez contribuições milionárias para ao PT nos últimos dois anos eleitorais desde 2010.
Em quatro anos, o banco doou R$ 2,45 milhões ao PT, mesmo valor doado ao principal partido da oposição, o PSDB. Os dados são do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
De acordo com as prestações de conta do PT junto ao TSE, em 2010, o Banco Santander, doou R$ 1 milhão ao comitê financeiro da campanha de Dilma à presidência. Nas mesmas eleições, o banco doou R$ 1 milhão para a campanha de José Serra (PSDB).

Para Aécio, construção de aeroporto está 'esclarecida'





Em agenda de campanha no Rio, o candidato do PSDB à presidência da República, Aécio Neves, comentou, hoje, a polêmica sobre a construção de um aeroporto em terreno que pertenceu ao seu tio-avô Múcio Guimarães Tolentino, no município de Cláudio, em Minas Gerais. Para o candidato, a questão "já foi mais do que esclarecida".
A obra teve início no segundo mandato do tucano como governador do Estado e custou quase R$ 14 milhões. Aécio, sua mãe e suas irmãs são proprietários de uma fazenda na cidade, situada a 6 quilômetros do aeroporto. Concluído em 2010, o aeroporto ainda não foi homologado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para uso público e o acesso é controlado pelos donos da fazenda.
Após a divulgação da informação, publicada em reportagem da Folha de S. Paulo, no domingo, dia 20, o senador vem afirmando que a construção é legal e o terreno foi desapropriado.

WANK MEDRADO PROMOVE LANÇAMENTO DE CANDIDATURA NESTA SEXTA (25)



Será nesta sexta-feira (25), a partir das 18 horas na Sociedade XV de Novembro, antigo Clube dos Caçadores, localizado na Avenida Adolfo Viana, o lançamento da candidatura a deputado estadual pelo Partido Verde, Wank Medrado. Segundo a assessoria do advogado, que pleiteia uma cadeira na Assembleia Legislativa, o evento devfe contar com a presença de candidatos a deputado federal, além de membros da chapa da oposição que concorrerá ao governo do Estado no pleito deste ano.
Wank Medrado concorre pela Coligação Juntos Somos Fortes, que inclui, além do Partido Verde, o PTdoB, PPS, PSDC e PTC.