Chico Ferreira

Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 23 de agosto de 2014

Aécio cauteloso com entrada de Marina na disputa





Em conversas com aliados, o candidato do PSDB, Aécio Neves, tem sido cauteloso com a mudança no rumo da campanha presidencial depois da entrada de Marina Silva na disputa. Aécio tem dito que só depois da primeira semana de setembro a campanha seguirá o seu leito natural.
"Até agora, Marina não precisou responder nada. A campanha está fora do leito normal", ressaltou Aécio a interlocutores.
No PSDB, a avaliação é que tanto Dilma como Marina já têm nível de conhecimento máximo, enquanto Aécio ainda tem um percentual significativo de desconhecimento. A ordem no ninho tucano é de manter a linha de que Aécio é o adversário do governo Dilma.             (Do blog deGerson Camarotti)

Apoio a Marina segue inabalado, diz irmão de Eduardo



 As divergências entre Carlos Siqueira, braço direito e um dos melhores amigos de Eduardo Campos, e Marina Silva não contaminaram o apoio da família do ex-presidenciável à candidata. Pelo contrário. "O PSB não deve fazer o jogo dos adversários, que querem inocular no partido a maçã envenenada", diz Antônio Campos, o Tonca, único irmão de Eduardo.
Antônio Campos, que é filiado ao PSB, afirma que Siqueira é "um grande companheiro nosso, de casa". Mas que passa por "momentos de extrema tensão", o que explicaria os desentendimentos com Marina Silva. Siqueira deixou a coordenação-geral da campanha dizendo que ela não representa o "legado" do ex-presidenciável.
E o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, visita neste sábado (23) Ana Arraes, mãe de Eduardo Campos, em Pernambuco. Transmitirá as condolências da corte a ela.
Aos 66 anos, Ana Arraes, que é ministra do TCU (Tribunal de Contas da União), tirou licença médica. No dia em que soube da notícia, a pressão dela chegou a 20.   (Folha de S.Paulo - Mônica Bergamo)

Marina promete fim da reeleição, mas silencia sobre PSB




A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, prometeu nesta sexta-feira acabar com a reeleição e ficar apenas quatro anos no cargo caso seja eleita. A ex-senadora, no entanto, desconversou sobre a hipótese de permanecer no PSB durante um eventual mandato no Palácio do Palácio.
Aliados de Marina devem retomar no próximo ano a coleta de assinaturas para criar o Rede Sustentabilidade. "Assumo o compromisso de acabar com a reeleição. Terei um mandato de apenas quatro", disse a ex-senadora em entrevista coletiva. A candidata disse, por outro lado, que este não é momento para discutir sobre sua saída do PSB. Alegou que a Presidência não pode ser objeto de poder de um partido.
"Não devemos tratar o presidente da República como propriedade de um partido. A sociedade está dizendo que quer se apropriar da política e as lideranças políticas têm que entender que o Estado não é um partido e que o governo não é o Estado", declarou. (Do Valor Econômico - Fernando Taquari,)

Campanha: Marina dá a largada do PSB hoje no Recife




O lançamento da nova chapa do PSB na disputa pela Presidência da República, formada por Marina Silva e o deputado federal Beto Albuquerque (RS), hoje no Recife, é aguardado com otimismo pelos integrantes da legenda em Pernambuc
De acordo com Sileno Guedes, presidente estadual do PSB, a militância está animada para o lançamento oficial da campanha, e deve marcar presença nas duas atividades programadas para este sábado.
A primeira, uma caminhada, a partir das 9h, no bairro de Casa Amarela, e às 17h um grande ato no Clube Internacional do Recife. A ex-primeira-dama Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, deve participar da segunda atividade.
Entre os nomes que devem participar dos eventos, a chapa majoritária da Frente Popular, formada por Paulo Câmara, pelos candidatos a vice, Raul Henry (PMDB) e a senador, Fernando Bezerra Coelho já estão confirmados. O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB) e o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) também poderão ser vistos nos dois atos.
O PSB estadual avalia que o evento vai demonstrar a importância da eleição de Paulo Câmara, candidato socialista ao governo de Pernambuco.
Isso apesar da debandada que aconteceu na cúpula nacional do partido nos últimos dias, com a saída do primeiro-secretário nacional do PSB e ex-coordenador de campanha, Carlos Siqueira, e do ex-vice-prefeito do Recife, Milton Coelho, que era coordenador de mobilização e articulação

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

STF instaura inquérito contra Paulinho da Força

Agência Câmara


O ministro Gilmar Mendes, do STF, determinou a instauração de inquérito contra o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP). Conhecido como Paulinho da Força Sindical, o parlamentar é suspeito de corrupção. Acusam-no de comercializar 'cartas sindicais', como são chamadas as autorizações do Ministério do Trabalho para a criação de sindicatos.
A abertura do inquérito foi requerida pela Procuradoria Geral da República. O ministro Gilmar Mendes ordenou à Polícia Federal que realize diligências. Apura-se se Paulinho participou de esquema que vendia 'cartas sindicais' por R$ 150 mil. Deve-se a denúncia ao repórter Claudio Dantas Sequeira. Ele noticiou o caso em agosto de 2011.
Nessa época, o ministro do Trabalho era Carlos Lupi, do PDT, o mesmo partido de Paulinho. Engolfado por outras denúncias, Lupi deixou o ministério em dezembro de 2011. Hoje, é candidato a senador pelo Rio de Janeiro, com o apoio de Dilma Rousseff. Paulinho era um feliz integrante da bancada governista. Fundou um partido novo, o Solidariedade. Deixou o PDT e associou-se ao projeto presidencial do tucano Aécio Neves.

Marina: não irei aos palanques onde não estava indo





A candidata à Presidência Marina Silva (PSB) disse, hoje, em entrevista coletiva no comitê da coligação Unidos pelo Brasil, que não vai subir nos palanques onde ela já havia definido não participar mesmo antes da morte de Eduardo Campos, na semana passada. "Não vou aos palanques onde já não estava indo", disse Marina, quando questionada especificamente sobre campanhas estaduais do PMDB, como é o caso de Nelsinho Trad, candidato ao governo de Mato Grosso do Sul.
Anteriormente, a candidata havia esclarecido que não estaria em palanques do PT e do PSDB sem citar casos de outras legendas, como o PMDB. "Alguns palanques que foram feitos, como no caso do Mato Grosso e outras realidades, a coordenação da campanha ainda vai se reunir. O certo é que Beto (Albuquerque, vice) irá suprir a presença de Eduardo junto àquelas candidaturas", disse.

Delegado chama José Serra para depor sobre carte





A Polícia Federal intimou o candidato do PSDB ao Senado em São Paulo, José Serra, para depor sobre os contratos que manteve com empresas citadas nas investigações do cartel metro-ferroviário que operou no Estado entre 1998 e 2008. Serra foi governador de 2007 a 2010.
Reportagem publicada na quinta-feira, 21, pelo jornal Folha de S. Paulo revelou que a polícia convocou Serra para depor na sede da PF, a fim de saber se o tucano, quando foi governador, atuou em favor da CAF e da Alstom, multinacionais suspeitas de integrar o cartel denunciado pela Siemens no acordo de leniência fechado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O depoimento de Serra está marcado para o dia 7 de outubro, dois dias após o primeiro turno das eleições.
Além dele, outras 44 pessoas foram intimadas a prestar depoimentos na PF, entre elas o ex-secretário dos Transportes Metropolitanos José Luiz Portella, o atual presidente da estatal Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), Mário Bandeira, e o ex-presidente do Metrô Sérgio Avelleda. No inquérito conduzido pelo delegado Milton Fornazari Júnior, três das sete concorrências sob investigação foram realizadas no governo Serra.

Justiça acata pedido de Suzane para permanecer em regime fechado


Justiça acata pedido de Suzane para permanecer em regime fechado


Após a própria Suzane Von Richthofen, 30 anos, pedir para continuar presa no presídio de Tremembé, a Justiça revogou a decisão que a permitia cumprir sua pena em regime semiaberto. Condenada a 38 anos e seis meses de prisão pela participação no assassinato dos próprios pais, Suzane tentava conseguir o benefício de progressão de pensa desde 2009. Ao conseguí-lo na última quarta-feira (13), contudo, ela declarou por escrito que preferia permanecer no presídio por temer sua vida fora do local. Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, seu advogado fez o pedido sem consultá-la. "Anoto que a Lei de Execução Penal prevê a progressão como um direito e não uma obrigação. Logo, se não há interesse, não há como impor o benefício à sentenciada", escreveu a juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté. A detenta destituiu seus advogados, Denivaldo Barni e Denivaldo Barni Junior, e passará a ser defendida pela Defensoria Pública. Informações da Folha de S. Paulo.

Comunidades rurais a programação para vacinação contra a raiva animal





A Prefeitura de Sobradinho, através da Secretaria de Saúde, comunica as comunidades rurais a programação para vacinação contra a raiva animal no interior que acontecerá de 25 a 29 de agosto nas seguintes localidades:

Segunda-feira, dia 25 - Maria Cabelão, Canaã, Cariri, Oliveira, Santa Maria, Curral Novo, Ponto Ó e São Vicente;
Terça-feira, dia 26 - Horizonte 1 e 2, Novo São Luiz, Quixaba, Associação Algodões Velhos;
Quarta-feira, dia 27- Vila Algodões, Associação Juriti, Roça do Amaral e proximidades;
Quinta-feira , dia 28- Roças que ficam próximas a pista, Aldeia Truká, Bérgamo Pandeiro, Associação Cédula da Terra;
E na Sexta-feira, dia 29 , as equipes estarão vacinando em: Novo São Gonçalo, Santo Antônio , Poço 1 e 2 e nas associações que ficam próximas ao São Gonçalo.

SUSTO: Helicóptero de Rui Costa faz pouso forçado no interior

O helicóptero do candidato ao governo do estado pelo PT, Rui Costa, fez um pouso forçado em um campo de futebol no município de Presidente Tancredo Neves, Baixo Sul da Bahia, nesta quinta-feira (21). O postulante ia para Jequié, mas por conta das fortes chuvas na região, o piloto da aeronave decidiu pousar para segurança de todos. Então, Rui Costa falou dos seus projetos para a Bahia aos moradores daquela região, enquanto esperava o tempo melhorar para seguir viagem. Informações do Amarelinho10.

PARAÍSO DAS PORTAS

Grande  promoção

VEREADOR OLIVAR DISSE QUE A PREFEITURA VAI FAZER A REFORMA DA CHECHE IÊDA BARRADAS

O  vereador  Olivar  disse  que  foi  conseguido  pelo  prefeito  Luiz  Vicente,  uma  verba  no  valor  de 136.417.46   que  serão destinados  para  reforma da Cheche  Iêda  Barradas. O  parlamentar argumentou  que  as  escolas  da  localidade  de  Algodões  serão recuperadas,  e  muito  em  breve  será  instala  uma  torre de  celular  que  abranger  até   dois  km  de  distância.  Disse  o  vereador  governista  a referida  comunidade  também  será beneficiada  com  sinal  de   internet. Finalizando  o  parlamentar  acrescentou de dentro  de  poucos  meses que em  breve estará  se  instalando  em  Sobradinho  uma  faculdade  que  vai  administrar  os  cursos de pedagogia, assistência  social,  e  educação  física. (Reportagem  de  Maria Helena)

Erundina é a nova coordenadora da campanha de Marina




 Luiza Erundina é a nova coordenadora da campanha da Coligação 'Unidos Pelo Brasil', liderada por Marina Silva e que tem o deputado Beto Albuquerque como vice. O PSB emitiu comunicado na noite desta quinta-feira (21) confirmando que a deputada federal e ex-prefeita de São Paulo está assumindo o comando.
A decisão parece ser uma tentativa de encerrar a crise que se instalou na candidatura desde que Marina colocou o ex-deputado Walter Feldman na coordernação da campanha para dividir o camando com o antigo coordenador chefe, o socialista Carlos Siqueira(foto à esquerda). Siqueira não gostou da maneira como a mudança foi feita e abandonou a campanha na tarde desta quinta, criticando fortemente Marina.  
'Não há acordo com a senhora Marina Silva. Quando uma pessoa é acolhida numa instituição, ela se torna uma hospedeira. É isso que ela é. Então, ela tem de respeitar esta instituição”, declarou Siqueira, em entrevista na sede do PSB. “Quem ela pensa que é? Ela manda na Rede dela, não no PSB”, prosseguiu Siqueira, citando o Rede Sustentabilidade, partido fundado por Marina, que ainda não teve o seu funcionamento oficializado. A ex-senadora se filiou aos socialistas neste ano com o compromisso de migrar para a própria agremiação em 2015. (Do Portal G1)
Continue lendo clicando aí Luiza Erundina (PSB) assume coordenação da campanha de Marina Silva
E aí: “Ela está longe de representar o legado de Campos”, diz Siqueira sobre Marina

Após demitir Jorginho, Vitória anuncia retorno de Ney Franco



Após demitir Jorginho, Vitória anuncia retorno de Ney Franco


No mesmo dia em que demitiu o técnico Jorginho, a diretoria do Vitória agiu rápido e já anunciou o seu novo treinador. Nesta quinta-feira (21), o clube Rubro-Negro acertou o retorno de Ney Franco, que assinou contrato até o fim da temporada.
 
O treinador deixou a Toca do Leão em maio deste ano para assinar com o Flamengo. No entanto, sua passagem na Gávea se resumiu a sete jogos no Campeonato Brasileiro. Foram quatro derrotas, três empates e nenhum triunfo.
 
Já pelo Vitória, Ney Franco comandou o time em 47 jogos, com 22 triunfos, 16 empates e nove derrotas e havia deixado o clube na 12ª colocação no Brasileirão, com cinco pontos ganhos. No ano passado, o técnico terminou o certame nacional na quinta posição. 
 
Por outro lado, Ney acumulou insucessos na Toca. Ele não venceu o Bahia em seis clássicos disputados, sofreu eliminação precoce na Copa do Brasil e perdeu o título estadual para o Tricolor.
O novo treinador Rubro-Negro será apresentado na segunda-feira (25). O duelo de domingo (24) contra o Figueirense será comandado por Éder Bastos, auxiliar de Ney, que também está de volta ao clube. 
 
O Vitória ocupa a 19ª colocação no Campeonato Brasileiro com 15 ponto conquistados.

Sem a ternura de Eduardo


    
Eduardo e Marina tiveram muitas dificuldades na relação, mas nunca deixaram vir a público. Substituto natural do ex-governador pernambucano na presidência nacional do PSB, o ex-ministro Roberto Amaral não esconde de ninguém suas indiferenças com Marina.
Afastado ontem do comitê-financeiro da campanha, o secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira, teve que engolir sapos e marimbondos de fogo para conviver com a ex-senadora e o seu grupo político da Rede, futuro partido dela.
Sabendo das dificuldades que enfrentaria, o ex-vice-prefeito do Recife, Milton Coelho, renunciou também à função de coordenador de mobilização e articulação. Com fama de encrenqueira, Marina acabará sem ninguém do núcleo socialista pernambucano na sua campanha.
Com a saída de Siqueira, um arraesista histórico, fiel escudeiro de Eduardo, a agora candidata do PSB ao Planalto gerou uma crise sem precedentes em sua campanha. Como não tem jogo de cintura nem paciência para aturar quem não integra seu núcleo duro, Marina é uma bomba ambulante, que pode explodir a qualquer momento.
As circunstâncias provocadas pela tragédia que tirou a vida de Eduardo empurraram Marina na corrida presidencial. Ela tem amplas chances de vitória, conforme as pesquisas já atestam, mas também, proporcionalmente, chances de transformar sua campanha num barril de pólvora.
Devido à sua instabilidade emocional, sua forma de tratar as pessoas, de enxergar o mundo, além do seu fundamentalismo religioso. O que poderia, então, ser uma trajetória fácil, um voo curto ao poder, se avizinha com um aroma ruim e sinais de incerteza.
Uma pena que Marina nessa convivência tão próxima com Eduardo não tenha aprendido a ser dócil, humilde, fina no trato, e mais do que isso, a arte da sedução. O ex-governador poderia ter todos os defeitos, como todo político, mas sabia seduzir e conjugar o verbo ampliar.
DIFERENÇAS– Eduardo e Marina eram bem diferentes. Eduardo Campos, na primeira fase de sua campanha anunciou que não governaria com Collor, Sarney e Renan, objetos de ataque no seu primeiro guia eleitoral que deixou gravado. Já sua sucessora, Marina Silva, na mesma trilha, manda avisar que não fará campanha ao lado de Alckmin, Beto Richa e Paulo Bauer, este, da mesma forma que Alckmin, esteve nos funerais de Eduardo.
O efeito Marina Os marineiros, como são tratados os aliados de Marina Silva, estão exultantes. Há trackings circulando no mercado em que ela está cinco pontos percentuais à frente de Aécio Neves no País. Em Minas, as intenções de voto em Marina Silva triplicaram em relação a Eduardo Campos.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Ex-prefeito de Sobradinho, Genilson Silva, sofre rejeição e é denunciado ao MP


As contas do ex-prefeito de Sobradinho, Genilson Barbosa da Silva, relativas ao ano de 2012, foram rejeitadas pelos conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios na sessão desta quarta-feira(20/08) em razão de inúmeras irregularidades. O ex-prefeito será denunciado ao Ministério Público Estadual e terá que devolver aos cofres municipais R$232.232,96, que foram gastos sem que fosse identificado pelos inspetores do TCM, qualquer documento que justificasse as despesas.
Genilson da Silva sequer se preocupou em apresentar sua prestação de contas, o que obrigou o TCM a enviar técnicos para realizar o trabalho. Eles constaram que o ex-prefeito ignorou as obrigações constitucionais em relação à Educação e à Saúde, e deixou de realizar licitações, efetuando gastos que podem ser tipificados como crime de improbidade administrativa.
Na Educação no município o ex-prefeito aplicou apenas R$8.807.649,68 o que corresponde a 21,77% (o mínimo é 25%). Dos recursos do FUNDEB, na remuneração dos magistério foram gastou apenas 46,16%, quando o mínimo obrigatório é 60%. Ao todo, com os professores da educação básica, foram gastos pouco mais de R$3,5 milhões. Já na Saúde – que deveria receber 15% das receitas municipais -, Genilson Silva gastou apenas o equivalente a 11,59%, ou pouco mais de R$3 milhões.
O ex-prefeito, por decisão dos conselheiros do TCM, terá que pagar multa de R$43.200,00 (que correspondem a 30% dos seus vencimentos) por gastar em excesso com o pagamento de pessoal e outra, no valor de R$10.000,00 por conta de outras irregularidades relacionadas no processo de tomada de contas, a exemplo da ausência de inúmeras licitações e a negligência na cobrança de multas imputadas pelo TCM a agentes públicos no município que perfazem R$116.700,00.
Ainda cabe recurso.(Fonte: Geraldo José)

TRE proíbe e MPE multa propaganda irregular do PT em R$ 144 mil

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgou duas representações a favor da coligação "Unidos pela Bahia", liderada pelo candidato a governador, Paulo Souto, proibindo a disposição nas vias de balões infláveis do adversário petista, com dimensão superior a quatro metros quadrados, contrariando a legislação eleitoral. Os juízes do TRE ainda proibiram a implantação de placas com estruturas de metal do candidato a governador do PT, com efeito de outdoor, violando a lei. Para o advogado da coligação "Unidos pela Bahia", Ademir Ismerim, as propagandas ilegais desequilibram a eleição. 
"A decisão judicial contribui para uma disputa mais igual. As propagandas irregulares prejudicam a coligação do candidato Paulo Souto, que cumpre a lei e limita suas peças publicitárias ao tamanho correto". O Ministério Público Eleitoral também ajuizou representação contra o PT pela prática de propaganda eleitoral antecipada, estabelecendo uma multa no valor de R$ 144.310. A quantia foi definida levando em consideração a gravidade da falta cometida. 
Com o pretexto de promover propaganda partidária, o PT veiculou na TV Bahia, em maio deste ano, nove inserções comerciais de 30 segundos de cunho eleitoral. A situação, segundo o juiz Salomão Viana, gera um quadro com amplo potencial para provocar desequilíbrio de oportunidades na disputa pelo governo estadual, com violação à isonomia que deve prevalecer entre os candidatos. De acordo com o magistrado, a gravidade do ato é ampliada pelo fato de a ilegalidade ter sido praticada em horário destinado à propaganda partidária.

Aleluia: “Rui Costa é o campeão da mentira”

“Rui Costa é o campeão da mentira. A começar pela tentativa de transferir a Paulo Souto o título incontestável de seu padrinho, Jaques Wagner, o verdadeiro campeão de homicídios, o governador dos 37 mil baianos assassinados”, afirma o presidente da coligação “Unidos pela Bahia”, José Carlos Aleluia, a respeito de infundada declaração do candidato petista à imprensa.
Aleluia diz que o “mentirômetro”, medidor de mentiras, do PT já estourou de tanta falta de compromisso com a verdade. “Nunca houve tantos homicídios na história da Bahia como atualmente na infeliz gestão Wagner e seu pupilo agora sai com essa mentira deslavada. No meu tempo de juventude, na Caixa d’Água, havia a figura do culhudeiro que não economizava na mentira para nos divertir, mas o caso de Rui Costa e do PT é patológico”.
As inverdades petistas pronunciadas à imprensa, segundo Aleluia, não se restringem à questão da segurança pública. “Eles insistem na mentira de  que construíram cinco hospitais, quando encontraram três prontos. Falam que alfabetizaram milhões de baianos e o IBGE, uma instituição respeitável diz que não. Assim como, o mesmo IBGE desmente os números do Água para Todos de um governo que não construiu uma barragem sequer para aliviar o sofrimento da seca no semiárido baiano”,

PSDB apoiaria Marina em eventual 2º turno



O PSDB apoiaria formalmente a ex-senadora Marina Silva (PSB) em um eventual segundo turno da eleição presidencial caso seu candidato, o senador Aécio Neves, fique fora da disputa final, disse à Reuters uma fonte do partido.
A avaliação é que tal aliança diminuiria as chances de reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) no segundo turno, ao unir dois grandes grupos díspares de eleitores que desejam mudança após mais de uma década de governo petista.
A disputa eleitoral tem sido acompanhada de perto por investidores, que esperam por uma mudança no governo após quase quatro anos de baixo crescimento econômico sob a política econômica de Dilma.
"O Brasil precisa de uma mudança, uma renovação. O país não pode tolerar mais quatro anos", de Dilma, disse uma fonte tucana de alto escalão, sob condição de anonimato.

MARINA JÁ TEM VICE




 Grande parte do PSB de Pernambuco não engoliu Beto Albuquerque na vice de Marina Silva. O clima hoje é de ressaca no Recife, atesta Lauro Jardim,na sua coluna na Veja Online. Diz o colunista que até momentos antes da oficialização do nome de Beto, o diretório estadual do PSB tinha esperança de indicar um pernambucano para integrar a chapa.
''Embora não tenha nada a ver com isso, já que a escolha foi do PSB, Marina Silva precisará de empenho e paciência para reconquistar a boa vontade dos conterrâneos de Eduardo Campos.
E parece já ter se dado conta do problema: Marina dará a relargada à campanha no Recife.''
Já o colunista Ilimar Franco, diz na sua coluna de O Globo que o pleito de setores do PSB de Pernambuco para ter um vice do estado, na chapa de Marina Silva, foi muito mal recebido entre os socialistas. O comentário geral era o de que o partido estava tratando do futuro do país e não podia se submeter à lógica da política local. Um deles resumiu: “O rabo não pode balançar o cachorro”.

ADVOGADO PERDE A CABEÇA E DISPARA CONTRA PESSOAS

Advogado invade escritório e executa empresário em Teixeira de Freitas

Uma discussão terminou em morte na tarde de terça-feira (19) em um edifício localizado no centro de Teixeira de Freitas, cidade localizada no extremo sul da Bahia.

De acordo com informações da polícia local, o advogado e cafeicultor Danilo Ungaro, de 34 anos, executou com diversos tiros o empresário Nelson Gonçalves Guimarães Filho, 48, baleou Rogéria Zatta Guimarães, mulher do empresário, e sócio da empresa, Juliano Guimarães Silva, 30.

Ungaro é herdeiro e responsável por administrar a Fazenda JU, na cidade de Itamaraju. Ele invadiu o escritório da empresa Juliano Guimarães Ltda, empresa especializada no gerenciamento financeiro de fazendas de café que prestava serviços de consultoria para o império da família, uma das mais ricas do extremo sul baiano, e atirou a queima roupas nas vítimas. O advogado foi preso minutos após o crime tentando fugir pela BR 101.

Ungaro disse em depoimento que a discussão foi motivada por desconfiança diante de possíveis irregularidades cometidas pelo empresário . Após discussões e ameaças, o advogado resolveu assassinar Guimarães, o sócio e a mulher que também trabalhava na empresa. Para ele, todos participavam do esquema. Ele permanece preso na carceragem da delegacia de Teixeira de Freitas. A arma utilizada no crime foi apreendida com o acusado.

Rogéria Zatta e Juliano Guimarães passaram por cirurgia e permanecem internados em um hospital da cidade. Os tiros que partiram da arma de Ungaro transfixaram as paredes do escritório e atingiram a redação do site Teixeira News. Nenhum jornalista foi atingido. Guimaraes deixa dois filhos, uma adolescente de 16 anos e um garoto de 8. O crime segue sendo investigado.

Danilo Ungaro é filho do patriarca da família Ungaro, dona da JU, empresa que comanda a produção de café nos municípios de Itamaraju, Prado, Vereda e Teixeira de Freitas. A família é dona de fazendas nas respectivas cidades.

Graça passou imóveis a parentes após caso Pasadena




 A presidente da Petrobras, Graça Foster, transferiu imóveis no Rio para parentes quase um ano após a compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, começar a ser investigada pelo TCU (Tribunal de Contas da União). A revelação, feita pelo site do jornal "O Globo" no meio da tarde desta quarta-feira (20), abriu uma crise entre a Petrobras e o tribunal. A dúvida é se Graça se antecipou e transferiu os bens para evitar que, numa eventual condenação futura, eles fossem bloqueados pelo TCU.
"[A transferência de patrimônio] É indicativo de que fizemos a coisa certa. Temos que confirmar [a transferência], e caso se confirme, isso se configura burla ao processo e é gravíssimo", afirmou José Jorge, relator do processo sobre a compra de Pasadena no TCU.
Os três imóveis foram repassados por Graça a parentes entre março e abril deste ano. O caso Pasadena começou a ser investigado no TCU em 2012.
O ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, também transferiu imóveis para parentes em junho, informou "O Globo".

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

INFORMATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SOBRADINHO


A câmara municipal de Sobradinho se reún nesta quinta-feira (21) a partir das 19h, projetos importantes serão discutidos e aprovados. Venha traga sua família convide seus amigos, venha ver de perto as ações dos nossos vereadores. A câmara municipal é a casa do povo.

Irmão de Campos quer ser candidato em próximas eleições


 O advogado Antônio Ricardo Acciolly Campos, irmão do candidato do PSB Eduardo Campos – morto em acidente aéreo na quarta-feira passada em Santos –, vai entrar para a política.
Aos 46 anos, Tonca, como é conhecido, decidiu que vai deixar os bastidores da política e a área jurídica das campanhas da família para virar um dos protagonistas nas futuras disputas eleitorais em Pernambuco. "Devo entrar para a política. Não agora, não é a hora", afirmou Antônio. "Agora não vou ser candidato, minha missão neste momento é preservar o legado de Eduardo Campos e de Miguel Arraes."
Com o irmão vivo, Antônio nunca saiu candidato nem teve atuação de liderança política dentro do PSB nem na Frente Popular. Mas sempre atuou como conselheiro e advogado das campanhas. Ele é filiado ao PSB, como toda família Campos.
Próximo da viúva Renata Campos, de 47 anos, Antônio ainda vai definir se sai candidato nas eleições municipais de 2016 ou se espera 2018 para sair como deputado. Com o vácuo político deixado pelo irmão em Pernambuco, Tonca quer maior destaque no cenário local, sem prejudicar os planos da viúva – que terá papel importante na disputa presidencial – e do sobrinho mais velho, João Henrique, de 20 anos, que também se prepara para assumir o posto de herdeiro do espólio político deixado por Campos.
Antônio também vai assumir os trabalhos de representar os interesses da família na Frente Popular, em Pernambuco, que tenta eleger o candidato Paulo Câmara (PSB) a governador. Será ele um dos responsáveis por tratar com os demais partidos da coligação, 21 ao todo, incluindo antigos adversários da família que viraram aliados.
Além de advogado ligado à política de berço, Tonca é escritor e ativista cultural. Escreveu obras dos mais variados estilos. Dono de uma editora (a Carpe Diem), ele também é curador da Feira Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Conselho de Ética aprova cassação de André Vargas


Os membros do Conselho de Ética da Câmara articularam a indicação de última hora de dois parlamentares e conseguiram aprovar a cassação do deputado André Vargas (sem partido-PR). Ex-petista, Vargas é acusado de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal no âmbito da operação Lava Jato, que investiga um esquema de lavagem de dinheiro suspeito de movimentar cerca de R$ 10 bilhões.
Para ser confirmada, a perda de mandato de Vargas precisará ainda ser votada pelo plenário da Casa, mas parlamentares consideram improvável que isso aconteça antes das eleições. O ex-petista não compareceu à reunião da tarde desta quarta-feira.

HOMEM É ASSASSINADO COM VÁRIOS DE TIROS DE ARMA DE FOGO EM SOBRADINHO







Nesta  quarta-feira (20)  por  volta  das  nove  horas  da  manhã,  foi  assassinado  com  vários  disparos  de  arma  de  fogo,  José  Roberto Veloso,  conhecido  pelo   apelido  de  Petequinha. José  Roberto  vinha  pilotando  uma  moto  quando  foi  interceptado  por  quatro  elementos  que  dispararam  vários  vezes  contra   a vítima  que morreu  no  local. A  polícia  de  Sobradinho  em   parceria  com a  de  Juazeiro fizeram  perseguição  aos  elementos  e deram  voz  de  prisão. Foram  encontrados  com  os  criminosos  4  revolveres  e  uma  espingarda  calibre  12.   O  crime  aconteceu  na quadra S-12 rua 11,  Sobradinho, A vítima  tinha  um  ferro  velho, e era  bastante  conhecido  da  sociedade  Sobradinhense.

(Reportagem de  Maria Helena).

LUIZ CAETANO CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL PELO PT VISITA SOBRADINHO


O  candidato  a  deputado  federal  pelo   PT  Luiz  Caetano,  se  reuniu  com  amigos  e  correligionários   terça-feira (19)  às 19h  no  Clube  são  Francisco (Após Chesf). Caetano  foi  prefeito  por  três  vezes  consecutivas  da  cidade  de  Camaçari-BA,  disse  que  faz mais  de  trinta  anos  de  vida  pública. Argumentou  que  veio  a   Sobradinho  a  convite  de  amigos  a  exemplo  de  Bosquinho  e  outros  companheiros.  O  candidato  disse  que  não  quer  ser  um  político  copa  do  mundo  que  só  aparece  em  quatro  em  quatro   anos  para  iludir  as  pessoas  e  pedir  voto, vou  ficar  perto  de  vocês   e  fazer  emenda  parlamentar  para  beneficiar  Sobradinho,  quero  trabalhar  pela  Bahia,  por isso  peço um  voto  de  confiança  a  cada  um de  vocês. Caetano  fez  críticas  severas  a  prefeitos  que  entregam  a prefeitura  a assessores  incompetentes que  prestam   um  péssimo  serviço  a  população,  e    acham    vão  ficar  no  poder  toda  vida,  e  foi  mais  adiante,  tem  prefeito  que  entra  na  prefeitura  de  costas, quando  o  povo  o procura  ele  diz  que  está   saindo,  significa  uma  grande  falta  de respeito ao  povo que  o  colocou  no  poder. Finalizando  Caetano  agradeceu  a  todos  e  deu  um  até  breve.

DILMA TROPEÇA NA TELA DA GLOBO


   
A presidente Dilma Rousseff se saiu muito mal na entrevista ao Jornal Nacional, mesmo falando em sua casa, no Palácio da Alvorada, o que, naturalmente, mexe com o psicológico, diferente de Aécio e Eduardo, obrigados a irem sentar na bancada do JN, no Rio, frente a frente com William Bonner e Patrícia Poeta.
Dilma usou a estratégia de fugir de todas as perguntas centradas no campo da corrupção, principalmente. Indagada sobre sucessivos escândalos na administração federal e sobre a posição do PT na defesa dos condenados no mensalão, Dilma recorreu à ironia: “Nos dois governos do PT, nenhum procurador-geral da República foi chamado de 'engavetador-geral da República”, disse, numa indireta ao governo neoliberal de FHC.
Bonner perguntou se ela não foi 'condescendente' com a corrupção já que o PT é um partido com 'um grupo de pessoas comprovadamente corruptas, mas que são tratados como guerreiros, como vítimas'. Ele se referia ao julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal, que condenou e levou à prisão dirigentes do partido.
'Eu sou presidente. Eu não faço nenhuma observação sobre julgamentos realizados pelo Supremo Tribunal. A Constituição exige do presidente da República que nós respeitemos e consideremos a autonomia dos outros órgãos. Eu não julgo as ações do Supremo. Eu tenho opiniões pessoais. Durante o processo inteiro não manifestei nenhuma opinião. Não vou tomar nenhuma posição que me coloque em confronto, em conflito, aceitando ou não. Eu respeito as decisões da Suprema Corte brasileira', declarou.
Segundo a presidente, nem todas as pessoas denunciadas nos escândalos foram punidas pelo Judiciário, porque nem todas as denúncias apresentadas na mídia foram comprovadas. Questionada sobre a substituição de denunciados por pessoas dos mesmos partidos envolvidos nos escândalos, afirmou que os partidos podem fazer exigências, 'mas eu só aceito quando são pessoas íntegras e competentes na área'.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

'A Justiça foi feita', diz nora de Roger Abdelmassih

Uma das noras do ex-médico Roger Abdelmassih disse ao G1 por telefone que a família não quer mais falar sobre o assunto para preservar os descendentes mais novos. "A gente não quer falar por conta dos filhos e netos", explicou. Questionada sobre como ela e os demais parentes receberam a notícia, Raquel Arruda apenas afirmou: "A Justiça foi feita".

O ex-médico Roger Abdelmassih, de 70 anos, foi preso nesta terça-feira (19) em Assunção, capital do Paraguai, de acordo com a Polícia Federal (PF). Ele foi preso por agentes ligados à Secretaria Nacional Antidrogas do governo paraguaio com apoio da Polícia Federal brasileira. 

saiba mais

Segundo a PF, após o procedimento de deportação sumária, Abdelmassih dará entrada no Brasil por Foz do Iguaçu (PR), cidade na fronteira com o Paraguai, e depois será transferido para São Paulo.
O ex-médico era considerado um dos principais especialista em reprodução humana no Brasil. Após sua condenação e fuga, passou a ser um dos criminosos mais procurados pela Polícia Civil do estado de São Paulo. A recompensa por informações sobre seu paradeiro era de R$ 10 mil
Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo afirmou que a prisão do ex-médico ”somente foi possível por informações obtidas em investigações do Ministério Público do Estado (MPE) que contaram com a colaboração da Polícia Civil do Estado de São Paulo”.

Mapa do Paraguai (Foto: Arte/G1)

“As apurações incluíram o cumprimento de mandados de busca e apreensão autorizados pela Justiça numa fazenda de propriedade do médico em Avaré, em maio. Dos trabalhos, participaram promotores e policiais civis”, acrescenta o comunicado.

Denúncias e condenação
Roger Abdelmassih foi acusado por 35 pacientes que disseram ter sido atacadas dentro da clínica que ele mantinha na Avenida Brasil, na região dos Jardins, área nobre da cidade de São Paulo. Ao todo, as vítimas acusaram o médico de ter cometido 56 estupros.

As denúncias contra o médico começaram em 2008. Abdelmassih foi indiciado em junho de 2009 por estupro e atentado violento ao pudor. Ele chegou a ficar preso de 17 de agosto a 24 de dezembro de 2009, mas recebeu do Supremo Tribunal Federal (STF) o direito de responder o processo em liberdade.

Ex-médico foi preso no Paraguai. (Foto: Divulgação/Secretaria Nacional de Antidrogas do Paraguai)

 Ex-médico foi preso no Paraguai.
(Foto: Divulgação/Secretaria Nacional de
Antidrogas do Paraguai)

Em 23 de novembro de 2010, a Justiça o condenou a 278 anos de reclusão. Abdelmassih não foi preso logo após ter sido condenado porque um habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça (STJ) dava a ele o direito de responder em liberdade.

O habeas corpus foi revogado pela Justiça em janeiro de 2011, quando ex-médico tentou renovar seu passaporte, o que sugeria a possibilidade de que ele tentaria sair do Brasil. Como a prisão foi decretada e ele deixou de se apresentar, passou a ser procurado pela polícia.

Em maio de 2011, Abdelmassih teve o registro de médico cassado pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo.

Médico alegava inocência
O ex-médico sempre alegou inocência. Chegou a dizer que só ‘beijava’ o rosto das pacientes e vinha sendo atacado por um "movimento de ressentimentos vingativos". Mas, em geral, as mulheres o acusaram de tentar beijá-las na boca ou acariciá-las quando estavam sozinhas - sem o marido ou a enfermeira presente.

Algumas disseram ter sido molestadas após a sedação. De acordo com a acusação, parte dos 8 mil bebês concebidos na clínica de fertilização também não seriam filhos biológicos de quem fez o tratamento.